ibyte-1008-mac-pro-x-imac-thumbnail

Mac Pro ou iMac: entenda a melhor opção

A Apple tem dois modelos incríveis de computadores à venda para usuários que não querem se render a laptops, ultrabooks e tablets. O Mac Pro é uma CPU com formato arrojado e com um excelente desempenho, enquanto o iMac é um all in one completo, voltado para pessoas que procuram performance melhor. Confira o comparativo sobre os dois e descubra qual a melhor opção para você.

ibyte-1008-mac-pro-x-imac-complementar-03

 

O Mac Pro é um produto para quem busca um desktop com praticidade. Apresenta um layout arrojado, arredondado e tem a grande vantagem de se conectar a qualquer monitor e ir a qualquer lugar com seu usuário e garantir um ótimo desempenho.

Ele possui um processador Intel Xeon E5 quad-core de 3,7GHz ou Intel Xeon E5 hexa-core de 3,5GHz. A memória RAM é uma ECC DDR3 de 12 ou 16 GB, com 1866 MHz. As placas gráficas são duas: AMD FirePro D300 (ou D500), com 2 ou 3 GB de VRAM GDDR5 cada. A capacidade de armazenamento em flash é de 256 GB.

É um computador mais voltado para empresas que trabalham com grande produção de conteúdo audiovisual, como emissoras de televisão, por exemplo. Então se você está em busca de um computador mais potente para suas atividades, o Mac Pro é a opção ideal.

ibyte-1008-mac-pro-x-imac-complementar-02

 

O iMac é o desktop tradicional da Apple. O PC é o ideal para aqueles que não têm muito espaço em casa, mas fazem questão de ter um bom computador, capaz de rodar programas de edição de vídeo, por exemplo.

Com uma tela de 21.5 ou 27 polegadas, tem variados modelos, mas todos com o mesmo conceito de all-in-one. Ele não possui gabinetes, comuns em muitos aparelhos, tudo é no próprio monitor, que tem várias especificações bastante avançadas.

Ele possui um processador Intel Core i5 dual-core de 1.4 GHz, 8 GB de memória RAM, 500 GB de espaço no disco rígido e processamento de vídeo Intel HD Graphics 5000. O com um custo benefício um pouco mais elevado, é o com 27 polegadas e 4K, tem i5 quad-core de 3.5 Ghz, 8 GB de RAM, 1 TB de espaço e vídeo AMD Radeon R9.

 

ibyte-1008-mac-pro-x-imac-complementar-01

 

Em resumo, o Mac Pro é uma opção mais voltada para o uso profissional. Por ter um desempenho que é voltado para quem precisa de performance altíssima, para trabalhar com vídeos, e com programas pesados. Já o iMac é uma opção mais voltada para entretenimento e navegação do dia a dia, com programas mais comuns.

Agora não tem mais erro na hora de escolher o que mais se encaixa com a sua necessidade. Esperamos ter ajudado na sua escolha. Até a próxima!

ibyte-2707-smart-tv-x-ultra-hd-thumbnail-v2

Entenda a diferença entre 4K x Ultra HD

Estamos em um momento de mudança na tecnologia do vídeo digital, com produção de conteúdo em resoluções altas, tanto para a televisão como para o cinema.

E uma das tendências de tecnologia que chegou neste ano de 2017, foram as TVs 4K, sejam com telas planas tradicionais, curvas ou mesmo flexíveis. Mas você deve ter se perguntado, como será essa novidade?

Uma curiosidade é que a resolução 4K é diferente da resolução Ultra HD e muitas pessoas não sabem desses detalhes e qual é a real diferença. Pensando nisso, conheça a diferença entre elas.

 

ibyte-2707-smart-tv-x-ultra-hd-peca-complementar-v2

 

Tecnicamente, a “Ultra High Definition” é uma derivação do padrão de cinema digital 4K. No entanto, as produções para cinema digital usam uma resolução nativa de 4096 x 2160 pixels que é denominada resolução 4K.

Já o novo formato Ultra HD utilizado no mercado de televisores usa uma resolução um pouco mais baixa, de 3840 X 2160 pixels.

A resolução 4K está começando a ganhar espaço no Brasil, com diversos modelos de TVs UHD sendo lançados. Ter uma TV dessas também já começa a fazer sentido, com diversos conteúdos em 4K disponibilizados no Youtube e Netflix. O uso de TVs 4K também é justificado pelos games, já que montar um PC que rode jogos em Ultra HD se tornou possível.

No caso da resolução Ultra HD, são tantos pixels na tela que é impossível notar qualquer imperfeição na imagem. “Esses aparelhos chegaram ao mercado em 2012 em tamanhos grandes, como 84”. “A partir do início de 2014, no entanto, fabricantes como LG e Samsung levaram a tecnologia para TVs com tamanho a partir de 42”.

Então agora que você conhece a diferença entre as duas opções, basta escolher qual a que se encaixa melhor com a sua necessidade. Gostou? Próxima semana tem mais! J