A iniciativa privada entra na nova corrida espacial.

Muita gente se pergunta ‘por quê investir em viagens espaciais?’, usando um olhar superficial, a resposta pode parecer óbvia, afinal, o que temos a ganhar com a tecnologia usada no espaço?

Muito.

Desde o mais óbvio, que é o design de aviões, até processos que controlam a produção de alimentos, para evitar que ele seja consumido em mal estado, passando por termômetros infravermelhos, membros artificiais, melhora em pneus radiais, estriamento de asfalto para melhor tração de veículos automotores, células solares e muito mais! (Nesta página da Wikipedia, você poderá ver, conteúdo em inglês).

Mas o fato é que com o fim da guerra fria, a corrida espacial em si esfriou MUITO, e a NASA viu seu orçamento diminuir de forma cada vez mais drástica.

Quem está tirando proveito disso é a iniciativa privada.

O Governo Norte Americano deu licença, sabe-se lá com qual autoridade, para uma empresa sediada na Flórida, a Moon Express, pousar na superfície da Lua já em 2017. Os motivos da Moon Express são dois, o primeiro é ganhar o prêmio de US$20 milhões do Google Lunar X-Prize, que será dado para a primeira empresa particular que pousar em sua superfície. O outro motivo, é a exploração de minérios, bem, a análise dos minérios que podem existir por lá, porque a exploração dependerá de tratados comerciais.

E se você acha que a Moon Express é a única, saiba que está enganado, outras 16 empresas competem pela mesma premiação.

Mas não para aí! A SpaceX, empresa liderada por Elon Musk, já falamos dele aqui, trabalha em parceria com a NASA para, em 2018, ser capaz de pousar uma espaçonave em Marte! Como funciona a parceria? A SpaceX entraria com toda a tecnologia e equipamento necessário para a viagem, ou seja, com o custo pesado, e a NASA daria o suporte à missão com pessoal e sua rede espacial de comunicação, que seria primordial para o controle da nave, que não seria tripulada.

moon-express

O que a SpaceX tem a ganhar? Bem, lembra das coisas que eu falei que foram criadas na corrida espacial? Pois este é o principal ganho que eles terão, a possibilidade de registrar novas patentes, e desenvolver novas tecnologias, até mesmo, para quem sabe, entrar na corrida para mineração de asteroides.

Sim, há planejamento disto, mas é conversa para outra hora!

Related posts

Leave a Comment