Vivemos no futuro: adolescente ganha US$250.000 em corrida de drones!

Quanto mais se olha para o mundo da tecnologia, mais pode-se acreditar que o futuro já chegou, e nós vivemos nele. Claro, dadas as realidades, e a variedade, vivemos, mas nem sempre o vivenciamos.

Um exemplo disto são as primeiras provas de corridas com drones, que chegaram em grande estilo com o Grand Prix Mundial de Drones (WorldDronePrix) em Dubai distribuindo um milhão de dólares em prêmios!

No total 150 competidores competiram, utilizando óculos de realidade virtual, que lhes dava visão de primeira pessoa de uma câmera fixada no drone, fazendo parecer que estavam mesmo sentados no aparelho (veja o vídeo abaixo, fica mais fácil entender), eles seguiam uma pista iluminada, tendo o cuidado de atravessar os arcos que marcavam o caminho.

O vencedor foi Luke Bannister, um inglês de 15 anos, que conseguiu bater o time local de Dubai, e levou para casa US$250.000,00.

Apesar de ter muita gente animada com o novo ‘esporte’, ainda há um gargalo sério a ser ultrapassado: como assistir uma corrida destas sem ficar tonto! Sério, ver uma corrida solta, como vimos aqui é tranquilo, mas pela velocidade com que os aparelhos mudam de direção, assistir várias corridas seguidas, em ‘primeira pessoa’ pode ser um desafio.

Pelo que pesquisei estão procurando um meio de usar uma câmera que sigam os drones, provavelmente presas aos trilho de marcação da pista, isso tornaria o movimento mais estável e agradável à audiência. Aguardemos.

Mas já que estamos falando em drones, sua proliferação em locais com espaço aéreo restrito, vem se tornando um problema, mas como você pode ver abaixo, não por muito tempo 😉

Leave a Comment