Conheça os melhores jogos leves para PC

É possível se divertir por horas e horas a fio com games bem produzidos, dinâmicos e com grande jogabilidade com PCs de configurações menores ou notebooks, e para provar que você pode jogar grandes títulos com máquinas low-end, preparamos uma lista de jogos leves para PC que valem totalmente o tempo investido!

Jogos leves para PC fraco: veja os melhores!

Sabendo configurar as customizações no menu do game e mantendo todos os drivers de seu PC atualizados, além dos caches limpos, é possível ganhar em performance mesmo perdendo no processamento gráfico.

Softwares de boosting para games também podem oferecer uma grande ajuda, além da opção de fazer overclocking em sua máquina, que consiste em aumentar o processamento em GigaHertz através das configurações de sua BIOS, mas é muito importante ter ciência de que este processo aumenta o superaquecimento de sua máquina, então um software de monitoramento de temperatura e até abrir o gabinete ou usar uma base de notebook podem dar uma ajuda para conter o aquecimento.

Com essas dicas, podemos partir para alguns games high-end mais leves para você rodar em sua máquina:

Arkham City

Arkham City é a continuação direta do sucesso iniciado com o título Arkham Asylum, mas dessa vez com mapas abertos, diversas missões paralelas, mais conquistas, personagens clássicos da série e a opção de pilotar o batmóvel pelas ruas da cidade de Gotham.

Adicionar a opção de mundo aberto a uma série que já era sucesso garantido colocou a franquia Batman na lista dos grandes títulos da época. A saga de Arkham continua com muito mais variedade e liberdade de customização.

Configurações mínimas:

CPU: 2.4 Ghz

RAM: 2 GB

Processamento gráfico: 512 MB

HD: 17 GB

World of Warcraft Clássico

O MMORPG mais amado e jogado do mundo voltou às suas origens com tudo, em um relançamento de sua versão clássica, como lançada em 2004, mas com aspectos da engine atual e correções de bugs incômodos.

O WoW Classic traz as aventuras de Horda versus Aliança nas áreas de Azeroth, com direito às dungeos e raids clássicas e uma experiência integral dos primeiros anos do game que mudou o mundo dos MMORPGs, com o bônus de rodar uma versão otimizada do game com requerimentos bastante baixos.

Para jogar o Classic você não precisa comprar nenhuma expansão, apenas creditar dias de jogo em sua conta.

Configurações mínimas:

CPU: 2.0 Ghz

RAM: 2GB

Processamento gráfico: 512MB

HD: 6 GB

Half-Life 2

Half-Life é uma das franquias mais celebradas da história dos games, que deu origem a jogos como Team Fortress e Counter Strike. A engine criada pela Valve muitos anos atrás para Half-Life 2 continua a ser usada até os dias atuais, e o game continua tendo uma das maiores comunidades dentro da Steam, recebendo centenas de mods para customizar seu game e jogar modos online criativos.

Encarne o silencioso Gordon Freeman num mundo distópico repleto de cenários pós-apocalípticos, ação intensa e diversos puzzles inteligentes.

A Steam sempre faz grandes promoções da Caixa Laranja, contendo a franquia Half-Life, Portal, Team Fortress e Left 4 Dead para você curtir games de qualidade com configurações pequenas.

Configurações mínimas

CPU: 1.7 Ghz

RAM: 512 MB

HD: 7 GB

CupHead

Jogos de plataforma não ficaram obsoletos, o mundo da indústria indie de games está redescobrindo o gênero e criando verdadeiras obras de arte de forma acessível para todos os gamers, e CupHead certamente é um dos maiores expoentes dessa onda.

Embarque numa aventura diabólica e frenética com um game charmoso com traços de cartoons dos anos 1930; se prepare para aprender diversas dinâmicas e recomeçar algumas vezes certos chefes até se lembrar porque os games de plataforma eram tão intrigantes e gratificantes!

Requerimentos mínimos:

CPU: 3.0 Ghz

RAM: 3 GB

Processamento gráfico: 1 GB

HD: 4 GB

Minecraft

Um dos games mais amados e baixados da história, Mincraft pode até parecer simples para quem olha de fora, mas uma vez dentro deste mundo sandbox, a criatividade não tem limite e, mais do apenas criar seus próprios ambientes, você pode visitar diversas criações e colaborar com jogadores, além de poder destruir tudo de formas criativas!

O jogo possui diversos modos e é muito bem integrado nas plataformas, para se jogar com os amigos de qualquer lugar.

Configurações mínimas

CPU: 3.1 Ghz

RAM: 4 GB

HD: 4 GB

Hearthstone

Já que falamos de World of Warcraft, precisamos falar de Hearthstone também, um clássico para os fãs de card-game estilo Yu-Gi-Oh! e Magic: The Gathering, com dinâmicas e modos aperfeiçoados todos os anos, modos competitivos disputadíssimos, coleções gigantescas, tudo tematizado no mundo de Warcraft.

Se você é fã da série lendária da Blizzard, precisa conhecer urgentemente seu card-game, que faz um sucesso estrondoso em todas as plataformas e é completamente gratuito!

Requisitos mínimos:

RAM: 3 GB

Processamento gráfico: 512 MB

HD: 4 GB

The Elder Scrolls V: Skyrim

Simplesmente um dos jogos mais premiados e republicados da história. Skyrim continua ganhando remakes e edições especiais mesmo após quase uma década de seu lançamento.

No maior universo dos RPGs de mundo aberto, agora você explora a região de Skyrim, inspirada na cultura nórdica, com liberdade completa para editar suas magias e equipamentos, ter uma casa, criar itens e completar dezenas e dezenas de horas de missões alternativas em sua jornada como Dragonborn; pela primeira vez no mundo de Elder Scrolls, você encontra luta contra dragões, além dos tradicionais daedras e outros povos que habitam esse mundo fantástico.

Skyrim é o game que mais recebe mods para usuários, e a customização é incrível, com modos completamente originais, com histórias e itens novos criados pela base de fãs.

Requerimentos mínimos:

CPU: 2.0 GHz

RAM: 3 GB

Processamento gráfico: 512MB

HD: 9 GB

Gostou da nossa lista de games? Com alguns upgrades simples você consegue jogar todos esses games high-end com configurações médias, você pode ir modificando aos poucos sua máquina em uma plataforma gamer com grandes condições comprando com a iByte, confira nossas promoções especiais na página e assine a newsletter do blog para receber sempre os melhores conteúdos sobre games e o mundo dos eletrônicos em primeira mão!

Como baixar jogos no pc grátis de forma legal!

Você ama experimentar novos games mas muitas vezes não encontra as demos e fica incerto de arriscar o valor de um game full-price? Você não está só! Que tal experimentar uma série de games variados e de qualidade em grandes plataformas sem precisar pôr a mão no bolso? Hoje preparamos dicas de como baixar jogos no PC de forma gratuita e legal em grandes plataformas de games que vale a pena conhecer!

Plataformas para baixar jogos no PC gratuitamente

Hoje existem muitas plataformas agregadoras de games produzidos por diferentes empresas, e essas gigantescas lojas funcionam 24 horas por dia, 7 dias por semana, com ofertas especiais moldadas de acordo com o seu gosto.

Basta que você se cadastre nelas e navegue por algumas vezes para que a plataforma aprenda seu perfil gamer.

Para começar, os tipos mais comuns de games gratuitos são os MMORPGs e E-Sports, sendo os primeiros os tradicionais games de RPG, estilo Dungeons & Dragons, adaptados para a comunidade online.

A maioria é gratuito e possui compras in-game, como capítulos e itens cosméticos, já os E-Sports, games de tiro, MOBA e sandboxes costumam ter as famosas lootboxes, uma espécie de loteria online para se conseguir skins e itens raros.

Apesar destes itens pagos, ambos os formatos são, em sua maioria, gratuitos para baixar e jogar.

Mas muitos games off-line também podem ser baixados no pc de forma gratuitas, e estas são algumas das principais lojas que você precisa conhecer:

Steam

A Steam dispensa apresentações. Essa plataforma criada pela Valve agrega uma infinidade de games em sua aba de gratuitos, milhares deles, de todos os tipos: games indie, de ação, estratégia, MMORPGs e E-sports extremamente populares no mundo.

Para ter acesso a esses games, basta se cadastrar na plataforma, baixar seu aplicativo e, logado, na tela inicial, ir até a aba Navegar > Gratuitos p/ Jogar e filtrar por seus gêneros favoritos.

Você pode salvar seus games favoritos para comprar também, e sempre que receberem descontos, a Valve te envia um e-mail avisando. Duas vezes no ano a plataforma faz uma série de descontos enormes para você agregar na sua biblioteca.

Epic Games

Tão popular quanto a Steam, a Epic Games têm games exclusivos da Ubisoft, TitanForge, além de seus próprios títulos, como Fortnite.

Além disso, a plataforma agrega uma série de títulos Indie exclusivos e promove uma curadoria de franquias clássicas em pacotes de remasteres.

Para baixar games de graça no PC através da Epic Games, o caminho é muito parecido: você cria uma conta, baixa a plataforma em seu site e na aba Descobrir navegue até Games Gratuitos.

Microsoft Store

Se você é entusiasta na batalha épica entre os três maiores consoles, certamente vai ouvir fãs do Xbox se gabando do fato de poderem compartilhar muitos de seus games entre plataformas. A loja da Microsoft tem muita mobilidade, e com uma única conta, você pode explorar uma infinidade de games, dos quais muitos são gratuitos para se jogar online e multiplataformas.

itch.io

Uma plataforma especializada em jogos indie. O itch.io é um dos principais hubs de desenvolvedores e apaixonados pelos jogos independentes, a plataforma é bastante livre, ao ponto de você mesmo poder subir seu game sem muita burocracia.

Lá a variedade não tem fim e muitos dos games são gratuitos ou possuem versões gratuitas. Mesmo não sendo produções AAA, não é difícil encontrar games inteligentes, desafiadores e extremamente carismáticos de graça ou com preços módicos.

Bônus

Você ama e fica nostálgico com os games em Flash? Infelizmente essa extensão tão amada pelas primeiras gerações vai ter fim em Dezembro de 2020, mas muitos de seus games estão sendo migrados para outras extensões e ganhando upgrades. Não se preocupe, os games em Flash vão ganhar uma sobrevida e upgrades.

E para coroar essa mudança, trouxemos dois sites incríveis onde você pode curtir uma tonelada de games viciantes e de alta qualidade, não é possível baixá-los, mas são muito leves e alguns, se salvos no cache, podem ser executados off-line:

Kongregate

Talvez a maior agregadora de games em Flash, a Kongregate tem dezenas de RPGs muito bem produzidos para os fãs do gênero, além de outros desafiadores. Você pode criar uma conta e salvar todo seu progresso, fazer upgrade e até comprar alguns games especiais.

Adult Swim Games

Criadora de uma série de games infamemente viciantes e divertidos, como o Robot Unicorn Attack, a Adult Swim Games está seguindo adiante para o próximo nível, chegando nas plataformas mais exclusivas, mas você ainda consegue encontrar alguns dos seus clássicos enquanto durar o Adobe Flash Player!

Emuladores

Os emuladores são polêmicos; afinal: baixar e instalar jogos de super nintendo e ps2 no PC é ou não ilegal? Bem, isso depende: o que a lei veta é a quebra do código da bios do game. Se você possuir a mídia física original, não existe problema legal da parte do usuário, mas é interessante checar os termos de cada desenvolvedora.

Zerando a pauta

Viu como é possível navegar entre os mais variados gêneros e configurações encontrando games de qualidade, online e off-line gratuitos para baixar no PC? A iByte também é apaixonada por games e tem uma série completa de equipamentos gamer para seu PC em nossa loja, com as melhores condições, e aqui no nosso blog, você encontra sempre dicas e informações sobre o games e artigos tecnológicos em geral, basta assinar nossa newsletter!

Confira a lista imperdível dos melhores jogos de terror!

Os jogos de terror, mais do que nunca, estão em alta. Aparentemente um gênero que nunca perde a popularidade, o horror tem uma forma peculiar de nos entreter. Talvez todo o charme esteja na combinação: ao mesmo tempo em que é assustador, nos deixa vidrados.

Principalmente com o advento de técnicas mais avançadas, capazes de criar efeitos gráficos extraordinários, vale a pena escolher o melhor monitor para aproveitar ao máximo cada título escolhido.

Independente da plataforma, o terror está entre os gêneros de jogos eletrônicos mais amados pelos players. Não podia ser para menos, uma vez que os jogos deste tipo cumprem com excelência a tarefa de nos deixar imersos em uma realidade completamente nova!

O medo certamente é um sentimento com potencial para assumir proporções enormes, exercendo fortes efeitos até mesmo sobre o nosso corpo. Esse é um dos motivos pelos quais video games de terror tendem a ser tão chamativos e viciantes.

Jogos de terror: uma tendência universal

Amantes do gênero já sabem que músculos tensionados, batimento acelerado e suor são os sintomas mais comuns quando adentramos o enredo desse tipo de jogo. 

Por alterar tanto nosso estado mental e físico é que o terror acaba se tornando um nicho tão desejado. Zerar o jogo é mais do que apenas completar uma história, trata-se de desbravar uma verdadeira aventura e vencer (ou não) perigos que sentimos na pele.

Pensando nisso, a equipe Ibyte preparou uma lista para compartilhar com você as melhores opções quando o assunto são os jogos de terror. Confira todas os títulos dessa lista que ficou, de fato, horrorosa.

Separamos o que pensamos ser os três melhores títulos de cada categoria, para você conferir apenas o que está em primeiro lugar na indústria dos games.

Clássicos do susto

Para  começar, vamos relembrar alguns dos clássicos videogames que ajudaram a construir o conceito de terror na indústria dos jogos. Cuidado com o teor altamente nostálgico que o conteúdo a seguir pode conter! Para quem ainda é novo demais,  prepare-se para conhecer algumas relíquias.

1. Phantasmagoria (Sierra On-line – 1995)

Quem se atrever a adentrar o universo de Phantasmagoria vai conhecer a história de Adrienne Delaney, uma escritora de sucesso que passa a morar em uma casa remota com seu marido. O casal nem suspeita que as ações do antigo dono, um praticante de magia negra, irão afetar diretamente o rumo de suas vidas. 

Phantasmagoria foi o primeiro jogo a permitir que o jogador tivesse controle sobre um personagem live-action. O jogo era um pouco pesado, exigindo uma modesta coleção de sete CD-ROMs para ser vivenciado integralmente!

Além da história super macabra, este game fica ainda mais intrigante devido a toda a controvérsia sobre o seu conteúdo sexual e violento.

2. Doom (Id Software – 1993)

O queridinho dos gamers e uma experiência indispensável para qualquer um que se diga amante de FPS. Para os padrões atuais de experiência, é provável que você não grite de susto ou desligue seu PC por puro medo ao jogar esse clássico, mas não tem como não incluí-lo na nossa lista.

Como um Fuzileiro Espacial, você é responsável por garantir a segurança de um projeto que vai desenvolver um teletransportador ultra secreto. A surpresa está no fato de que, na verdade, o teletransportador é um portal para o inferno. O que complica mesmo é que você só descobre isso quando os demônios começam cair no seu colo.

É melhor preparar o mouse, porque o tiroteio vai ser incessante!

Doom foi um sucesso de vendas e disseminação, sobretudo porque sua primeira versão, de um episódio com 9 níveis, não foi vendida, mas compartilhada online! Qualquer um podia baixar e jogar. Claro, dois anos depois do lançamento a expansão do jogo foi para as prateleiras das lojas de games.

3. Nocturne (vários desenvolvedores – 1999)

Nocturne traz algo bastante novo para o gênero de terror no PC, empregando o mesmo conceito marcante do Resident Evil 

Aqui, você atua como agente do governo estadunidense de Roosevelt, durante a primeira década do século vinte, lutando contra monstros sobrenaturais por meio de uma agência oficialmente criada para este fim. Como agente, você investigará quatro casos sinistros, combatendo monstros como lobisomens, vampiros e zumbis.

Lançamentos: jogos de terror para 2020

O que não pode faltar mesmo é aquela lista quentinha com os lançamentos que fazem a cara 2020. Acompanhe com a gente para saber o que os desenvolvedores preparam para este ano.

1. Tom Clancy’s Rainbow Six Quarantine (Ubisoft – 2020)

É, parece que a série do Tom Clancy vai fica um pouco mais macabra. A Ubisoft deu um gostinho do que seria essa guinada mais obscura na E3 de 2019. Apesar de ter mostrado apenas um teaser, já foi suficiente para deixar muita gente ansiosa.

O game se passa em uma realidade futura na qual um alien parasita atacou a Terra, transformando seres humanos em criaturas desprovidas de uma mente. O jogador assume o papel de um soldado de elite que precisa eliminar essa ameaça e ajudar na descoberta de uma cura.

O estilo cooperativo do R6 continua funcionando a todo vapor neste cenário, com os players trabalhando em equipe para passar juntos por momentos de puro caos e imprevisibilidade. Ainda é preciso esperar para ter mais informações sobre esse título, mas veteranos da série já estão dizendo que uma boa forma de se preparar para o que está vindo é jogar a Operação Chimera, um modo de jogo já disponível.

2. Devotion (Red Candle Games – 2020)

Até o momento, o que se sabe é que o título foi suspenso da Steam por causa de um controvérsia em relação ao trabalho artístico do jogo e o governo chinês. Mesmo assim, vale a pena deixar a hype em dia para aproveitar quando a situação estiver normalizada.

Devotion é um jogo de terror em primeira pessoa, que mostra a história de um homem e seu apartamento assombrado pela família que ali morava. A vida do protagonista se torna um verdadeiro inferno, com as maiores monstruosidades do folclore taiwanês  e do leste da Ásia.

3. The Last Of Us Parte 2 (Naughty Dog – Maio de 2020)

Faltam palavras para expressar o significado de uma das maiores obras primas da arte dos videogames. A primeira parte de TLOU foi um sucesso massivo, que levou o jogador através da jornada inesperada de Ellie e Joel.

Assim como o primeiro jogo da série, TLOU Parte 2 se passa em mundo apocalíptico, destruído duas vezes: primeiro pela infecção do cordyceps, depois pela brutalidade humana.

Em um mundo sem leis, onde nenhuma instituição ficou intacta, Ellie se lança em uma jornada por vingança contra aqueles que a privaram de seus entes queridos  Certamente a história que nos espera, enquanto o jogo ainda é preparado para o PC, é das mais pesadas.

A nata dos jogos de terror

Para finalizar, disponibilizamos a nossa lista com os melhores jogos de terror de todos os tempos

1. Alien Isolation

Apesar de se fundamentar em um dos maiores clichês do entretenimento, Alien Isolation pode ser encarado como um dos melhores jogos de 2014. O jogo nos coloca na posição de protagonista completamente indefeso inofensivo, que está preso em uma estação espacial com a única companhia de um alien 

Nada como se sentir indefeso e precisar correr pela própria vida para suscitar o que há de melhor no gênero de terror.

2. The Evil Within 2

Se o critério para definir a qualidade de um jogo de terror for a capacidade de te deixar acordado à noite, The Evil Within 2 é simplesmente um dos melhores games que você pode encontrar 

Com certeza você terá problemas para dormir depois de se deparar com montes de corpos decepados espalhados pelo chão se juntando para formar uma grande massa de membros, pálida e cheia de rostos e uma serra no lugar da mão.

Dá para passar por verdadeiros suadouros com cada inimigo que o jogo coloca no nosso caminho, principalmente se você estiver usando um headset, por exemplo, o que vai aumentar ainda mais o grau de imersão na experiência.

3. The Glass Staircase

Este título indie, que une um estilo retrô com inspirações de Silent Hill, nos coloca no controle de um jovem garota em uma grande casa. Todas as manhãs você é obrigada a tomar uma pílula e a obedecer algumas ordens.

Não demora muito para a situação ficar cada vez mais intensa até que, quando menos percebemos, precisamos lutar contra mortos vivos para escapar da mansão.

E aí, bateu aquela ansiedade de jogar algo que desperte as paranóias na hora de dormir? Deixe um comentário, dizendo se a nossa lista te ajudou a encontrar o game certo para vivenciar aquele susto saudável!

O headset gamer certo para você: como escolher seu fone para games

A escolha dosperiféricospode transformar por completo a sua experiência nos jogos, e o acessório com papel mais relevante na imersão é o headset. Através dele, o jogador se comunica com os demais integrantes e se isola do mundo exterior, ficando livre para explorar o universo do game.

E aqui está o problema: o headset é justamente um dos periféricos mais difíceis de escolher. Isso acontece, pois, quando se trata de acessórios para áudio, as especificações do fabricante dificilmente oferecem informação suficiente para saber se o produto vai se adaptar bem ao seu equipamento e aos seus tipos de uso. 

Mesmo assim, com um pouquinho de pesquisa e conhecimento, dá pra escolher com segurança para não decepcionar com o desempenho. Vem com a gente que, no post de hoje, vamos discutir todos os critérios que você deverá observar na hora de escolher um headset com bom custo-benefício

1. Saiba quanto quer pagar

Antes de sair por aí vendo todas as reviews da web, defina muito bem quanto pode investir em seu headset. Assim, você vai comparar produtos dentro de um recorte reduzido, o que te trará muito mais clareza na hora da decisão. Hoje, o mercado oferece fones bem diferentes em todas as faixas de preço, e com certeza existe um que é perfeito para o seu budget e as suas expectativas.  

2. Saiba qual uso quer fazer

Nesse processo, pense sobre os tipos de uso que você espera realizar. Vai usar seu headset apenas em casa, para jogar, ou também quer aproveitar o equipamento na rua, para ouvir música no celular? Na hora de jogar, vai usar PC ou console? Esses elementos vão influenciar, principalmente, aspectos como tamanho e design. Afinal, não rola andar por aí com aquele fone over ear gigante que é super confortável para ficar em casa, mas pode ser um pouco exagerado na rua.

Outro elemento muito importante em relação ao tipo de uso é o conector do seu fone. Existem headsets com uma única saída P2, com duas saídas P2 (uma para o áudio e outra para o microfone) e com uma saída P3 (um único conector para o áudio e para o microfone). Fones com este tipo de conector são os mais adequados para quem também quer utilizar o equipamento no celular, pois a entrada é adaptada. Se esse é seu caso, observe bem esse aspecto!

Se vai usar seu fone apenas no PC, prefira aqueles com conector USB. Este formato é bem mais completo, sendo possível ativar setups específicos pelo software de gerenciamento, além de configurar 7.1 surround.

 4. Foque na qualidade de áudio

E aqui chegamos no ponto mais complicado da nossa jornada – isso por que envolverá especificações de fabricante bem confusas, que nem sempre comunicam exatamente aquilo que queremos saber. Para começar a discussão, vamos entender o que é um fone 2.0 e que diferença faz o famoso som 7.1.

O fones com áudio 2.0 contam com dois alto falantes, um de cada lado do fone. Essa é a configuração adotada pela grande maioria dos equipamentos de áudio para games. O que acontece é que esses equipamentos podem simular o som 7.1 através de um software. O som 7.1 é aquele em que o usuário pode sentir variações sutis na direção de onde vem o áudio, como se estivesse cercado por 7 saídas de som diferentes. Esse efeito é profundamente imersivo e muito procurado na hora de jogar.  

No mercado também existem headsets com 7.1 real, que de fato contam 7 saídas de som diferentes, mais subs. Essas versões são bem mais caras e traduzem graves com mais exatidão.

Como nem tudo são flores, as opiniões sobre a superioridade desses modelos são bastante divididas, e muita gente acredita que o 7.1 simulado dá conta do recado. Se você busca por um bom custo-benefício, vale a pena ficar de olho nisso.

5. Tenha cuidado com o microfone

O microfone costuma ser uma funcionalidade secundária na maioria dos headsets, portanto os modelos com os melhores microfones, infelizmente, costumam ser os mais caros. Mesmo assim, é possível encontrar versões bem satisfatórias nas faixas de preço mais confortáveis. Para acertar, é só ficar de olho em alguns elementos: 

Se vai optar por saídas P2 ou P3, saiba que as versões com gold plate (banhadas à ouro) são mais confiáveis. Elas possuem proteção bem eficiente contra oxidação, o que pode evitar chiados e ruídos. Por outro lado, se mantiver seu P2 tradicional sempre em boas condições, você não encontrará esse problema. 

Há ainda os modelos que cancelam ruídos exteriores na transmissão do áudio, o que pode ser interessante se você preza pela qualidade na comunicação. Para se certificar dessa característica, vale a pena assistir alguns reviews bem detalhados sobre o modelo em questão.  

6. Coloque o conforto na jogada

Se está procurando por headset gamer, provavelmente pretende usar seu equipamento por horas a fio. Isso quer dizer que qualquer incômodo será percebido e pode se tornar uma distração bem importante. Para que isso não aconteça, dê atenção especial ao conforto do seu fone.

Aqui, o elemento principal são as ear pads, aquelas espuminhas responsáveis por acolchoar o alto falante e segurá-lo bem à cabeça. Existem dois materiais mais usados: a microfibra e o couro sintético, também chamado de courino. Cabe a você escolher a opção que mais agrada ao toque e à estética. Lembre-se, porém, que o couro fake isola o áudio externo com muito mais eficiência, enquanto as versões em microfibra são bem mais frescas e confortáveis.

O arco sobre a cabeça também é uma parte bem importante: observe as possibilidades de ajuste que o modelo oferece, além da resistência do plástico ou metal utilizados. Se você usa óculos, por exemplo, pode ser que um headset muito apertado incomode sobre as hastes. Prefira os mais soltinhos e ajustáveis.   

E você, qual critério acha mais relevante? O que você mais procura em um headset para games? Conte pra gente nos comentários, adoramos conversar com quem ama tecnologia! 

Para interagir ainda mais com a equipe Ibyte, nos siga no Instagram. Por lá a gente posta todas as novidades da loja, depoimentos de clientes e detalhes sobre produtos. Chega mais!

Nosso top 5 games de universos distópicos para enfrentar a quarentena

A gente sabe que você está sedento por passatempos e entretenimento para ocupar todo esse tempo livre durante a quarentena. Para os mais radicais amantes de games que querem fugir da situação real nada animadora, a opção perfeita é imergir num universo distópico pós-apocalíptico pra valer – e se tiver zumbi, melhor ainda.

Pensando nisso, preparamos uma lista completa pra você detonar nesses dias de confinamento. Dos jogos clássicos aos indie, do console ao pc, aqui vão os 5 melhores games distópicos pós-apocalípticos ibyte!

Top 5: Left 4 Dead (2008)

Está a fim de atirar loucamente em zumbis ferozes e super rápidos sem pensar muito? A opção perfeita é a série Left 4 Dead, em especial o Left 4 Dead 2, desenvolvido pela Valve. Inspirado em filmes B com essa temática, a premissa é muito clara: um jogo multiplayer divertido e ágil de tiro em primeira pessoa, que não explica histórias mirabolantes. O que interessa é matar zumbis!

Você pode usar um arsenal super variado com armas de fogo em todos os calibres imagináveis e até alguns itens bem criativos, como katanas e motosserras. O ritmo do jogo é fluido, ágil e perfeito para dar aquela animada frenética na sua quarentena.

Top 4: Resident Evil (1996) e Resident Evil 2 Remake (2019)

O classicão icônico que não poderia faltar por aqui, Resident Evil foi a primeira franquia a apostar em zumbis pra valer, em um lançamento da Capcom para playstation. Depois do jogo original, de 1996, ao menos 6 versões americanas foram lançadas, sem falar nas demais mídias como a famosa série de filmes e histórias em quadrinhos. Não precisamos nem dizer que sua influência na cultura pop foi intensa.

O primeiro jogo da série inaugurou a característica câmera estática, que cobria o cômodo inteiro e transmitia uma sensação cinematográfica bem propícia ao suspense. Esse aspecto foi decisivo para o sucesso do jogo e revolucionar o mercado de games, que nunca tinha visto esse método sendo usado em jogos de tiro em primeira pessoa.

O remake do Resident Evil 2, de 2019, está longe de ser apenas uma versão melhorada do game antigo. Produzido do zero, ganhou uma câmera nova de perspectiva over the shoulder, que atualiza o suspense do jogo original em uma pegada bem mais realista e fez muita gente ter pesadelos aterrorizantes. Com gráficos impecáveis e todo o universo tão bem cultivado que a gente já conhece, é um jogo de zumbi imperdível!

Top 3: Project Zomboid (2013)

O indiezinho de nossa lista. O diferencial desse jogo é simples: nele, você já perdeu. Isso mesmo: a primeira tela do game mostra a frase “this is how you died”, ou “foi assim que você morreu”. A partir daí, seu objetivo é sobreviver o máximo possível e, nesse processo, cada ação importa, desde fechar as cortinas de sua casa até juntar os suplementos e armas contra o exército comedor de cérebros.

Desenvolvido pela Indie Stone em 2013, tem chamado a atenção por seu visual alternativo e jogabilidade nada óbvia para games de zumbis, mais realista e complexa. O ponto de vista é superior, muito parecido o do The Sims em diversos aspectos. A diferença é que você não tem acesso ao universo todo de maneira onipotente e há zumbis em todo canto. Vale a pena conferir esse game super bem avaliado!

Top 2: BioShock (2007)

Uma das séries de jogos mais bem sucedida dos últimos tempos, o já clássico BioShock reúne tudo que um bom universo distópico deve ter. Investido na história, é uma delícia para quem curte um universo bem completo e elaborado.

No jogo, que se passa em 1960, conhecemos Rapture, uma cidade subaquática desenhada por Andrew Ryan, um poderoso e rico Objetivista que deseja separar as elites da sociedade construindo uma utopia distante dos governos centralizadores. Nesse cenário, classes diferentes começam a surgir, e a derrocada dramática dessa sociedade “perfeita” envolve guerras com gigantes de poderes sobre-humanos.

Top 1: The Last of Us (2013)

Revolucionário, sofisticado, realista e de jogabilidade incrível, The Last of Us conta a brutal trajetória de um homem e uma garota que tentam sobreviver juntos ao cenário pós-apocalíptico dos Estados Unidos. O fator dramático é intenso, e a história se constrói de maneira fluida, viciante e surpreendente, com personagens cativantes que te farão sentir cada conquista e perda.

Desenvolvido pela Naughty Dog e lançado pela Sony, em 2013, mostra as consequências viscerais da disseminação do fungo Cordyceps, que infecta humanos e animais transformando-os aos poucos em zumbis vorazes. A sociedade se desmantela, e a luta pela sobrevivência revela aspectos bastante sombrios dos indivíduos.

A jogabilidade também não deixa a desejar. Oferece uma campanha incrível para single player e a opção online para multiplayer com até oito jogadores que funciona tão bem ou melhor! Armas são em sua maioria improvisadas, mas é possível jogar com calibres diversos e armas brancas. Eletrizante, multifacetado e complexo. Não dá pra ficar sem jogar!

E aí, já escolheu os próximos jogos da sua saga pós-apocalíptica? Sentiu falta de algum jogo memorável que não apareceu por aqui? Conta pra gente nos comentários, vamos gostar muito de te ver por lá.

Para mais informações sobre games e tecnologia, fique ligado nos posts do blog da Ibyte. Postamos toda semana com novidades incríveis sobre informática e o universo dos games.

Qual é o melhor processador para PC gamer: AMD ou Intel?

Quando o assunto é processador, os gamers levam a escolha a sério. Isso, porque, esses equipamentos são considerados o coração dos PCs e dos notebooks

Quando o processador não é bom, está ultrapassado ou não tem os recursos suficientes para rodar os games, jogar acaba sendo o maior estresse, ao invés de ser prazeroso – como é de se esperar quando pegamos para jogar aquele game novo, para fazer um frag night em uma sexta-feira.

Muitos viciados em jogos ainda se perguntam, antes de turbinar o seu computador: AMD ou Intel? Qual é o melhor? Se você ficou curioso pela resposta, acompanhe o nosso post!

Afinal, qual vence a batalha na hora de turbinar o PC: AMD ou Intel?

Será que, realmente, existe um vencedor nesta batalha? Tanto a Intel Corporation, quanto a Advanced Micro Devices, Inc. são empresas especializadas em processadores e estão há anos dominando o mercado.

A Intel, que tem sede em Santa Clara, Califórnia – mais especificamente no Vale do Silício – esteve em primeiro lugar por vários anos seguidos, sendo superada pela poderosa Samsung há pouco tempo, mas podendo retomar o seu posto a qualquer momento.

Já a também californiana AMD sempre esteve competindo com a Intel no mercado de semicondutores e, desde os anos 90, tem fortíssima influência no setor. O seu primeiro processador que ganhou fama foi o Athlon, que esteve presente em milhares de computadores na época.

A escolha do processador na hora de montar um PC de alta performance para games atuais é fundamental para você ter uma experiência satisfatória. Você já sabe que ambas as empresas são especialistas no ramo e entendem do assunto, mas a família de processadores dessas marcas tem algumas características diferentes. Você já tem a sua favorita? Se ainda não, venha com a gente!

Análise dos Processadores

Dentre os processadores mais básicos da AMD e Intel de 4 núcleos (os mais básicos para games), ambas as marcas se equivalem bastante. A coisa muda quando as linhas começam a evoluir. Veja algumas comparações:

Processadores intermediários

Para opções mais intermediárias, os processadores da Intel recomendados são o Core i5-9400F e o Core i7-9700K, excelentes equipamentos.

Para fazer frente à essas opções, a AMD apresenta o 3700X, uma opção fantástica, com 8 núcleos, 16 threads e um grande impulso às instruções por relógio do seu antecessor 2700X.

O 3700x é um processador matador que deixa os da Intel para trás, já que domina as cargas de trabalho multithread.

Processadores Top de linha

Para a linha mais top, o Ryzen 3900X da AMD é o primeiro citado aqui. Com 12 núcleos e 24 threads, é um processador incrível para rodar até os games mais pesados.

Para competir com este processador, a Intel apresenta o Core i9 9900K,que vem com 8 núcleos e 16 threads. Mas, apesar de ter menos núcleos que o 3900X, é possível considerar a escolha do Core i9, já que cada núcleo deste processador tem uma potência de 5 GHz, contra 4,6 GHz de cada núcleo da 3900X.

Apesar do Ryzen ainda ser um pouco mais potente, existem especialistas que dizem que o processador da Intel vence, pois apresenta uma potência incrível para rodar os jogos. Os preços desses processadores quase se equivalem; escolha por outros critérios, caso esteja em dúvida entre eles.

Agora, se você quiser subir ainda mais de nível e não mede esforços (e gastos), os processadores Intel Core i9 LGA 2066 e AMD Ryzen Threadripper 2990WX são voltados para verdadeiros fãs, pois oferecem ainda mais desempenho multithread e continuam a expandir a contagem de núcleos e threads.

Os processadores i9 LGA 2066 de sétima e nona geração da Intel oferecem entre 10 e 18 núcleos e, graças ao hyperthreading, até 36 threads. Enquanto isso, o 2990WX possui 32 núcleos e 64 threads, ou seja, estamos falando de processadores de potências inimagináveis. Ao escolher qualquer um dos citados, você terá a experiência máxima ao jogar.

Conclusão

A verdade é que esses processadores são tão bons que deixam qualquer um em dúvida, já que são muitas características a serem avaliadas. Contudo, é preciso entender que tudo depende de quanto você pode e está disposto a investir.

Recomendamos que você avalie todas essas questões na hora de escolher, pois, depois de adquirir um processador deste porte, vai demorar para que uma troca aconteça. O fato é que se tratam de dispositivos de ponta para uma configuração excelente em um PC gamer.

Jogar é coisa séria e, disso, essas duas empresas especialistas em processadores entendem. A competitividade entre as duas é grande e ambas apresentam processadores incríveis com excelente desempenho.

Os chips Intel tendem a oferecer melhor desempenho por núcleo, mas a AMD está compensando com mais núcleos a um determinado preço e melhores gráficos integrados. Portanto, batemos o martelo: até o momento, ninguém vence essa batalha!

Fica a seu critério escolher aquele processador que se encaixará perfeitamente no seu orçamento e te proporcionará uma experiência satisfatória ao jogar os seus games favoritos.

Gostou desta breve análise da ibyte? Para trocar o seu equipamento ou montar o seu PC gamer do zero, você encontra diversos processadores em nossa loja, assim como todos as outras peças para montar um excelente PC ou notebook gamer. Acesse e confira!