Doutor Google?

As buscas por sintomas no Google terão resultados avaliados por médicos.

Quem nunca deu uma bisbilhotada no Google para saber qual o motivo daquele espirro ou tosse que não passa? Pois é, todos nós já fizemos isso um dia, apesar da opção mais segura ainda é visitar o médico, agora no Brasil e nos EUA os resultados das buscas são verificadas por médicos.

Ao pesquisar sobre algum sintoma um painel lateral mostrará condições relacionadas, tratamentos, entre outros… todos revisados por médicos.

Imagem: Divulgação Google Discovery

O Brasil é o primeiro país, depois do EUA, a oferecer esse resultado na busca, e estão disponíveis para pesquisas feitas no Android, iOS e desktops.

Isso tudo é resultado da parceria do Google com o Hospital Albert Einstein , o objetivo é oferecer ao público Brasileiro uma busca um pouco mais confiável e diminuir os riscos de diagnósticos equivocados.

Ibyte alerta: Auto Medicação é perigosa. Sempre consulte um médico.

Alguns dados do Google sobre os hábitos de pesquisas do brasileiro sobre saúde:

  • Uma em cada 20 pesquisas no Google são relacionadas à saúde (dados globais)
  • Cerca de 1% das buscas no Google são relacionadas a sintomas (dados globais)
  • Hoje, há mais de 400 condições disponíveis nos painéis de informações (dados do Brasil)
  • O Einstein validou mais de mil consultas para o lançamento da busca por sintomas no Brasil (dados do Brasil)
  • Alguns dos sintomas mais buscados (dados do Brasil. Não é um ranking):
    • Garganta inflamada
    • Dor de cabeça
    • Faringite
    • Dor nas costas
    • Dor no peito
    • Hipotermia
    • Taquicardia
    • Dor no estômago
    • Dor na nuca
    • Tontura
  • 15% das buscas que vemos todos os dias são novas (dados globais de outubro de 2016)
  • O tráfego das buscas nos dispositivos móveis ultrapassou o desktop (dados globais de outubro de 2015)
  • Hoje, mais de 100 engenheiros do Google trabalham no escritório de Belo Horizonte.

Related posts

Leave a Comment