Monitor gamer

Como escolher um monitor gamer incrível para aproveitar melhor os gráficos dos meus jogos?

Os gráficos dos games estão evoluindo em uma velocidade incrível, a dinâmica dos shaders ganhou uma série de tecnologias que emulam com perfeição até as mais complexas nuances e, além da GPU, como escolher um monitor gamer faz toda a diferença na experiência do usuário.

Afinal, o monitor é o input final em que todos os recursos gráficos se materializam, sua importância é vital para aqueles que buscam o que há de mais sofisticado a ser oferecido pelos trabalhos das desenvolvedoras de games.

Afinal, como escolher um monitor de qualidade?

Nos monitores atuais, as tecnologias são relativamente parecidas: uma rede de cores primárias é iluminada pela luz de fundo (Backlight), que projeta a imagem. Entre esse processo, alguns parâmetros jogam uma regra importante de acordo com as prioridades que se busca, já que cada modalidade de game possui uma mecânica e dinâmica gráfica particular que prioriza um fator em detrimento do outro.

Dentre esses parâmetros que mais saltam à percepção dos gamers, alguns valem a pena ser apontados, como o Tempo de Resposta, que determina a diferença entre o processamento e a projeção da imagem, mensurada em ms, a Taxa de Atualização, que encadeia a dinâmica de um “quadro” e outro sem perda de rendimento, medida em Hz, a Resolução, ou seja, o número de pixels (fragmentos da imagem) por linha, medida em Pixels por Segundo, e o Contraste, a gradação entre a luz e a sombra na imagem. Você pode conferir todos esses dados nas fichas técnicas dos monitores.t

Cada monitor irá se relacionar de uma forma com os parâmetros citados, baseados na sua estrutura. Vale considerá-los quando pensar em como escolher um monitor gamer. Vamos, conferir, portanto, alguns modelos:

Monitores LCD

Acrônimo para Liquid Crystal Display, os monitores LCD inauguraram uma série de novas tecnologias em relação aos clássicos monitores de tubo catódicos. Capazes de uma planificação real da tela sem serrilhamentos nem perdas de focos de visão, o LCD trouxe modelos finos, compactos e charmosos.

Sua estrutura consiste no display de cristal líquido, distribuído em lâminas de vidro que recebem uma iluminação de fundo produzida por uma lâmpada fluorescente (CCFL).  A tecnologia LCD é uma das mais presentes em diversos aparelhos, como nossos smartphones, por exemplo.

Os monitores LCD apresentam boa taxa de tempo de resposta e grande qualidade na projeção das cores. Graças à tecnologia do cristal líquido e à iluminação mais forte que recebem, em imagens mais estáticas e vídeos, têm uma predominância no gosto geral, até por isso fizeram tanto sucesso entre as TVs, quando sua tecnologia foi aumentada das pequenas para as grandes telas.

Essa tecnologia, a propósito, é indicada para fãs de games coloridos, com quadros mais estáticos, como games de corrida, RPGs, MOBAs, games infantis e clássicos com estilo mais cartoon e cutscenes. Seu arranjo privilegia a projeção e gradação das cores primárias.

Monitores LED

A tecnologia dos monitores LED e LCD são, em partes, a mesma: o esquema de cores é idêntico no geral, a grande diferença está na iluminação.

Se as telas de LCD já foram consideradas um marco na economia e respeito a natureza em relação as suas anteriores, os monitores de LED foram ainda mais adiante: com a substituição da lâmpada fluorescente por um painel de luz em LED (Light Emitting Diodes), que é composto por pequenos diodos de luz.

Como o foco de luz é mais articulado em pontos pela tela, além de conseguirem ser mais finos e compactos, os monitores LED são capazes de organizar de modo dinâmico as imagens, trabalhando a Taxa de Atualização com muito mais qualidade, graças ao melhor trabalho sobre o brilho e, consequentemente, o contraste, que é especialmente importante em games como FPS’s (First Person Shooter, Tiro Em Primeira Pessoa).

Monitor Full HD

A tecnologia Full HD também possui os mesmos princípios dos modelos citados anteriormente, com o benefício de ser mais privilegiada pela sua resolução, isto é, as telas são formadas por linhas horizontais e verticais em que os pixels se arranjam.

Nos antigos monitores catódicos de tubo era fácil perceber a sensação de “serrilhamento” de algumas imagens com definição maior, isso se dava porque suas resoluções eram limitadas à quantidade inferior de pixels presentes nas linhas.

A Full HD seria o oposto de tudo isso: elas possuem, além da tecnologia de cristal e da iluminação, seja de LCD ou LED, uma tela com um número superior de linhas, que permite a organização mais complexa dos pixels, formando camadas muito mais realistas nas imagens.

Enquanto os monitores comuns atingem uma média de 1280 linhas verticais e 720 horizontais, os Full HD chegam até 1920 linhas verticais e 1080 horizontais. É possível imaginar e constatar a grande diferença que isso causa na qualidade da imagem.

Além de ótimos para games, que, quanto mais atuais, são otimizados para essa resolução, eles são ideais para assistir filmes com qualidade profissional. Muitos games clássicos estão sendo remasterizados para Full HD, para que você possa curtir novamente seus games favoritos.

Para curtir seus games de forma plena, você precisa de um bom monitor, do contrário, nem a placa de vídeo mais sofisticada será capaz de mostrar verdadeiramente a grande qualidade gráfica dos games atuais, a menos que esteja conectada a um monitor excelente.

Na Ibyte você encontra uma série de monitores das melhores marcas e modelos em tamanhos variados para escolher aquele que mais se adequa ao seu estilo de jogo.

Acesse também nosso blog, você irá conferir diversas postagens sobre o mundo dos hardwares, acessórios para computação, novidades, análises e dicas para estar sempre atualizado!

Tags: No tags

Leave a Comment