museu-logo

Um passeio por 42 anos de história de videgames, no Museu do Videogame Itinerante

Esta caixinha de madeira que está logo abaixo é o “Telejogo Philco-Ford”, ele foi o primeiro videogame fabricado no Brasil, e foi também o videogame que acompanhou, a partir do final dos anos 1970, a primeira geração de crianças a crescer com jogos eletrônicos por aqui, como este que vos escreve.

Telejogo Philco Ford

O Telejogo Philco-Ford, de 1977, foi o primeiro console fabricado no Brasil

Fiz a foto do Telejogo logo no início do que se pode facilmente chamar de viagem no tempo, que talvez, para aqueles da minha geração, seja a melhor descrição do que é o Museu Itinerante do Videogame, que está em exposição no RioMar Fortaleza. E a sensação da viagem ainda é mais forte, porque além de itinerante, o museu é também interativo, e a foto abaixo retrata justamente isto!

À esquerda Street Fighter IV em um PS3, à direita um Atari 2600 rodando River Raid

À esquerda Street Fighter IV em um PS3, à direita um Atari 2600 rodando River Raid

Isso mesmo, qualquer um que chegar por lá pode participar desta viagem, e jogar em qualquer dos consoles que estão à disposição dos visitantes, além do próprio Telejogo, tem Odissey, Atari 2600, várias gerações de Nintendo (desde o ‘Nintendinho’ até o Wii U), várias gerações da Sega, os épicos Neo Geos – objetos de desejo dos anos 1990 -, entre outros. São tantos videogames ligados e a disposição que até se perde a conta!

Meu filho, que tem quinze anos, matou a curiosidade de jogar o mítico Goldeneye 007, no Nintendo 64, um dos melhores jogos de tiro em primeira pessoa da década de 1990, jogou também River Raid no Atari 2600, um jogo que eu tanto curti quando tinha a idade dele, entre outros.

Pip Pin Atmark

O raríssimo console da Apple, o Pip Pin Atmark, de meados dos anos 1990

Mas se jogar é bacana, a parte história é fantástica! Você poderá também ver consoles raros, como um videogame cuja mídia era o LD (imagine um CD do tamanho de um LP), videogames que nunca foram vendidos fora do Japão como o Sony PSX de 2003 – um híbrido de Playstation 2 e central multimídia -, acessórios como a Power Glove da Nintendo, ou um console triangular em que cada lado tem um controle diferente, e até o Bandai Pip Pin Atmark, um videogame criado pela Apple em 1985!

Geraçoes

No alto o Pioneer LD, com sua descrição a direita.
Embaixo o híbrido PSX de 2003 e o esquisitíssimo Telstar Arcade (

Além disso existem vários videogames de última geração para quem quiser interagir com algo mais moderno, e para os de espírito ‘dançante’, há um palco em que se pode jogar Just Dance 😉

Vale muito a visita, é uma excelente viagem no tempo. Lembrando que ele ficará no RioMar Fortaleza até o dia 20/09/2015 (domingo), funcionando das 10 da manhã até 22 horas, na Praça de Eventos 1 no piso L1. E não custa nada reforçar, a entrada é gratuita! Qualquer dúvida liguem 4020-5000.

museu do videogame


Por Gilberto Soares Filho,
consultor de TI, programador,
e entusiasta de videogames
desde criança.