Google e Facebook censuram conteúdo na Índia

  Nesta ultima segunda-feira (dia 6) Google, Facebook e outros 20 sites foram obrigados a retirar parte de seu conteúdo da Índia. Isso ocorreu devido a uma medida judicial para evitar que conteúdo “anti-religioso” fosse ao ar.   O processo judicial foi encabeçado por Aljaz Arshad Qasmi, um cidadão indiano comum, que alega que algumas páginas destes sites eram de cunho ofensivo e preconceituoso e que tal conteúdo poderia causar agitação entre as comunidades religiosas do país.     Vinay Raj, religioso que apoia a medida, afirma que: "Se as empresas…