Rio2016

Como assistir às Olimpíadas SEM uma televisão!

Não é fácil falar das Olimpíadas do Rio, e deixar de fora as polêmicas que a cercaram por muito tempo, mas o fato é que elas estão acontecendo, e ser um sucesso não é bom apenas para o Rio, mas para o Brasil, como um todo.

Veja, temos tantas belezas naturais, tanta coisa bacana para os turistas verem, mas por incrível que pareça, o Brasil recebe menos turistas estrangeiros por ano, que a Torre Eiffel, ou, menos turistas que a cidade de Barcelona recebe em um mês.

Se fizermos bonitos, todos temos a ganhar.

Rio2016

Mas nem todos podem ficar em frente a uma TV o tempo todo, até mesmo porque enquanto os esportes acontecem, a vida continua, mas mesmo assim, ainda é possível acompanhar o desenrolar dos jogos pela internet.

Seguem algumas dicas para assistir aos jogos SEM televisão.

Aplicativo do SporTV

sportvrio2016

Esta é de longe a melhor forma, disponível para iOS e Android, ele tem os 16 canais que a emissora disponibilizou em cabo, E mais alguns que são transmitidos com som ambiente, ou seja, sem narração. Se você é assinante do canal a cabo, faz login com a conta de seu provedor e tem acesso ilimitado, se não é, ainda poderá utilizá-lo por até 30 minutos a cada dia.

Aplicativo oficial do COI: The Olympics

coi-the-olympics

Este é o aplicativo oficial do Comitê Olímpico Internacional, e traz todas as notícias relevantes das Olimpíadas, e ainda permite que você veja informações sobre Olimpíadas passadas. Também disponível para iOS e Android.

Rio 2016

rio-oficial

É o app oficial do evento. Além de todas as informações do evento, ele permite que você acompanhe o desempenho e grade de horários de atletas e/ou seleções específicos, é também mais amigável que o The Olympics. Disponível para iOS e Android.

Streaming.

CUIDADO! Vários sites oferecem streamings ilegais de canais pagos, mas quase que invariavelmente pedem a instalação de ‘plugins’, lembre-se quem não tem pudor em roubar sinal de TV paga, e distribuir por conta própria, não terá pudor de embarcar algum tipo de malware no plugin que lhe pede para instalar.

A dica aqui é que você acompanhe pelo site do GloboEsporte, é um pouco limitado, mas completamente seguro!

Torça e divirta-se!

netflix

Streaming, o futuro do consumo de audiovisuais.

Eu já não lembro mais da última vez que precisei organizar meu tempo para estar em frente a uma televisão para assistir algo que não fosse um evento esportivo. Sério. Desde que a Netflix foi lançada no Brasil, em meados de 2011, venho cada vez mais me acostumando a fazer minha própria programação. Assisto ao que quero, quando quero, e como quiser.

netflix

Ainda não me juntei ao movimento dos “Cord Cutters”, aqueles que cancelaram suas assinaturas de TV a Cabo, confesso, em grande parte porque minha operadora de TV a Cabo tem uma grande parte de sua programação disponível em um serviço sob demanda, e em parte porque alguns poucos canais pelos quais ainda costumo, raramente, zapear ainda não estão disponíveis por streaming.

Mas isto está mudando rápido.

Primeiro a HBO anunciou que seu serviço de vídeo sob demanda, HBO Go, que dá acesso a mais de 2000 títulos da programação dos canais da empresa, e disponível no momento apenas para quem tem assinatura do canal em algum plano da Net, Sky ou Claro HDTV, poderá ser contratado de forma independente, para consumo em aplicativos móveis, smartTVs, mídia players como o Chromecast, e computadores.

hbogo

A política, que já é adotada pela empresa nos EUA, começará agora a ser implantada na América Latina, representa o rompimento de um modelo de negócios existente há tempos, saltando o intermediário (serviço de TV a Cabo), e vendendo o serviço direto a quem importa, o consumidor final.

Da mesma forma, a Rede Globo de Televisão liberou, terça-feira passada (3/11/15), seu aplicativo chamado Globo Play, que permite o acesso através de, novamente, plataformas móveis, Smart TVs e computadores, à sua programação através da internet. A empresa trabalhará com um modelo chamado ‘freemium’, em que parte da programação, como os telejornais e programas de variedades, são gratuitos e podem ser vistos até sem cadastro. Outros programas, como as novelas, minisséries e produções da empresa, mesmo que fora do ar, estarão disponíveis, alguns até me 4k, para quem pagar uma assinatura de R$12,90/mês.

globoplay

Nesta primeira fase do aplicativo, quem for do Rio e São Paulo, também poderá ver o conteúdo que é transmitido ao vivo pela emissora, posteriormente o serviço, chamado ‘simulcast’, será estendido para outros estados.

Streaming já o futuro dos audiovisuais. A Netflix não apenas têm produzido séries fantásticas, como Narco e House of Cards, esta última ganhadora de vários Emmys, este ano ainda faturou um prêmio no festival de cinema de Veneza, com ‘Beasts of No Nation’, seu primeiro filme em longa-metragem, lançado simultaneamente nos cinemas e no serviço.

Ahhhh, antes que me esqueça, o Youtube também está na baila, com o Youtube Red, uma opção paga do serviço, sem anúncios, que em breve estará disponível no Brasil.

music

E isto falando apenas em termos de vídeo, se formos abordar os vários serviços de áudio, como Spotify, Rdio, Deezer, e Napster para citar alguns, descobriremos que uma pesquisa recente disse que estes serviços, mais especificamente o Spotify, estão diretamente ligados à redução de pirataria de música!

Que época para se viver, meus amigos!


Por Gilberto Soares Filho,
consultor de TI, programador,
e usuário fiel de serviços de streaming.