Tablet para estudar: qual a melhor opções e como usar?

A tecnologia tornou as atividades, antes difíceis de serem executadas, mais acessíveis. Por exemplo, você está aqui no Brasil, mas consegue acessar uma biblioteca lá na Europa. Isso seria praticamente impossível no passado, mas hoje,com poucos cliques, você consegue ler o texto que tanto precisava!

Para além dos computadores e notebooks, os tablets para estudar são considerados ótimos equipamentos entre professores, alunos e demais acadêmicos. Isso, segundo eles, ocorre pelo fato do aparelho ser de fácil manuseio, conectividade e conter todas as aplicações de um PC convencional.

Quer saber qual o melhor tablet para estudos? A iByte te ajuda! Continue rolando a página e conheça a lista preferida entre estudantes de todas as idades e – de quebra! – saiba como aproveitá-lo da melhor maneira! Vem com a gente!

Qual o melhor tablet para estudar? Dez opções iByte!

Hoje, é possível encontrar uma série de tablets no mercado. As versões são infinitas e podem fornecer acesso a aplicações e softwares, antes exclusivos de computadores potentes!

Contudo, escolher o modelo ideal não requer comprar o mais sofisticado, mas sim entender as especificações de cada para as nossas necessidades! Por isso, muito mais do que um optar por um aparelho de alta qualidade e tecnologia, é necessário considerar a sua função para uso.

Tablets para manipulação de imagens gráficas precisam de um sistema muito mais complexo e potente do que os modelos para estudos, que necessitam de aplicações voltadas para leitura, desenvolvimento de textos, apresentações e execução de mídias! Compreendeu o que estamos querendo dizer?

Por isso, a lista a seguir apresenta modelos para as mais variadas atividades e, ao ler as características de cada um, tente considerar aquelas que melhor atendem ao que você precisa, tudo bem? Assim, você terá um aparelho de ótima desenvoltura e que dá certinho pro seu dia a dia! Confira:

1. Apple iPad Pro 2020

O primeiro modelo da lista é certamente a maior estrela da linha de tablets da Apple! O iPad Pro 2020 é um excelente aparelho para estudos, pois possui um processador otimizado – Appl A12Z Bionic – que garante rodar todos os aplicativos disponíveis. Só por isso, já é excelente para baixar todas as apostilas, rodar videoaulas e editar textos!

A tela é sem dúvidas um dos fatores que mais chamam a atenção, já que conta com 11 polegadas e possui reprodução em Full HD – mais potente que muitos televisores! Contém 256 GB de memória interna e inclui suporte de uso para a Apple Pan – uma canetinha que é sensacional para estudar!

2. Samsung Galaxy Tab S7

A segunda opção não deixa muito a desejar em relação a anterior. Por isso, para quem é fã da Samsung, o Galaxy S7 é uma ótima escolha para estudo. Assim como a opção anterior, esse modelo possui acesso a caneta S Pen, que facilita anotações, desenhos e acesso a funções específicas do aparelho!

O destaque fica por conta do excelente desempenho, já que conta com processador Snapdragon 865+ – considerado um dos melhores do mundo. Além disso, possui seis gigabytes de memória RAM e 128 de armazenamento interno! Com esse tablet, certamente a sua aula nunca mais vai ficar travando!

3 . Apple Ipad 8

Considerada uma versão intermediária da Apple, o iPad 8 é uma opção mais simples, porém ainda muito interessante para estudar. O processador é o Apple A12 Bionic hexa-core, excelente para rodar arquivos de texto, vídeos e diversos aplicativos.

Possui acesso a caneta S Pen e contém uma tela de 10,5 polegadas. Além disso, a resolução em Full HD torna esse tablet uma opção mais acessível para quem tem como objetivo principal assistir a vídeos aulas, palestras e outras mídias.

4 . Samsung Galaxy Tab S5e

Assim como a Apple possui um intermediário, para competir com o modelo iPad 8 a Samsung elaborou o Galaxy Tab S5e. Com um sistema de processamento Snapdragon 670 e um chip octa-core, ele garante rodar grande parcela dos aplicativos da Play Store com desempenho considerável.

A ficha técnica é também muito interessante, pois possui uma tela de 10,5 polegadas e resolução maior e mais otimizada que a Full HD. Além disso, a promessa é que a bateria dure até 15 horas de uso diário contínuo – o que é ótimo para quem necessita de bateria para o dia todo!

5 . Samsung Galaxy Tab S6 Lite

O Samsung Galaxy Tab S6 Lite é um aparelho com desempenho considerável, indicado para quem precisa de um tablet para estudar, mas está com o orçamento apertado. Conta com uma tela de 10,4 polegadas e resolução de 1200 x 2000 – ideal para pais que buscam um aparelho para ajudar nas atividades escolares dos filhos.

O processamento ocorre por meio do Exynos 9611, que promove um desempenho interessante para atividades mais simples e corriqueiras. É comum encontrar no mercado o modelo com quatro gigabytes de memória RAM e 64 gigabytes de armazenamento interno. Contudo, mesmo sendo uma opção simples, ele conta com caneta S Pen. Gostou?

6 . Samsung Galaxy Tab A com S Pen

Em uma versão mais otimizada do modelo anterior, o Samsung Galaxy Tab A é um tablet com tela menor, porém com resolução em Full HD – o que significa que a qualidade de imagem é muito mais perceptível!

O processador é o Exynos 7904, que garante rodar aplicações comuns em atividades diárias com ótima desenvoltura. A memória é algo interessante nesse aparelho, pois possui capacidade expansível com auxílio de cartão de memória! De fábrica, possui 32 gigabytes de capacidade interna. Outro fator interessante é que, segundo a fabricante, é possível mantê-lo ativo por até onze horas ininterruptas.

7 . Multilaser M10A NB253

Está procurando um modelo acessível, com navegabilidade fácil e ideal para as atividades da escola do seu filho? O Multilaser M10A pode ser uma ótima opção nesse caso! Com tela em resolução HD, um pouco mais simples que modelos anteriores, ainda assim é uma ótima alternativa para rodar aulas e vídeos.

Para quem adora o prazer de ler, o aparelho possui alta capacidade de rodar arquivos de texto, além de ser possível baixar aplicativos de estudos e anotações sem comprometer o desempenho do tablet. A memória interna é de apenas 16 gigabytes, o que é uma pena, mas nada impede de você armazenar seus arquivos na nuvem, não é mesmo?

8 . Samsung Galaxy Tab A

Elaborado para atender demandas simples do dia a dia, o Samsung Galaxy Tab A não é o aparelho ideal para estudantes que desenvolvem atividades mais complexas, porém ainda sim é uma opção interessante para aqueles que desejam um tablet para leitura, anotações e execução de alguns aplicativos mais leves.

De fábrica, o modelo possui apenas 32 GB de memória interna, porém possui opção de expansão que pode atingir até 512 gigabytes. Em relação ao tamanho de tela e resolução, a Samsung disponibiliza diversas versões, sendo que a mais potente é a de dez polegadas com resolução 4K, e outra com oito polegadas em HD+. Ou seja? Fica por sua conta!

9 . Multilaser M7 3G Plus

Um dos modelos mais simples da lista, mas que ainda sim promete atender certas funções do estudante, é o Multilaser M7 3G – que permite o acesso a rede de celular e possibilita acesso à internet mesmo sem conexão Wi-Fi. O processador é um quad-core, indicado para rodar aplicações leves, como leitura de textos, navegação online, dentre outras.

Em relação ao armazenamento interno, possui dois modelos, um com 8 gigabytes e outro com 16. Ah, a tela é menorzinha, possui sete polegadas com uma resolução igualmente simples, em HD. Para seus filhos pode ser uma escolha interessante, pense nisso!

10 . Multilaser Kid Pad Lite

A nossa última opção da lista é também a mais simples, porém garante atender atividades estudantis com sucesso – principalmente se for as do seus filhos, beleza? Direcionado para atender os baixinhos, o Multilaser Kid Pad é um tablet muito fácil de mexer! Conta com capa protetora, que protege o aparelho de quedas.

Além disso, para jogos e vídeos é excelente, sendo uma opção incrível para seu filho que adora assistir a youtubers e desenhos. Ah, e você pode controlar o uso do tablet e ficar de olho no que o pequeno anda vendo – já que conta com aplicação de controle parental.

Ufa, é uma lista bem extensa, não é? Mas veja bem, agora você já sabe qual o melhor tablet para seus estudos ou de seus filhos. Para finalizar, que tal ficar por dentro de algumas dicas de uso? Vem na sequência!

Como aproveitar o seu tablet? 3 dicas para uso offline!

A maioria das pessoas pensam nos tablets apenas para recursos online, não é mesmo? É claro que ele é um aparelho excelente para atividades na rede, como jogos, acesso a redes sociais, assistir a vídeos, séries e filmes, além de muitas outras.

Contudo, o que deixamos de lado é que ele pode ser um ótimo aliado também quando estamos sem internet. Que conhecer três dicas que nós, do Descomplik, preparamos para você aproveitar o seu tablet também offline? Veja abaixo:

1 . Otimize seu tablet com DSLR

Para quem trabalha com produção de mídias, como no caso de professores que gravam vídeoaulas, é possível usar a câmera para capturas e observar a imagem com muito mais qualidade no tablet – dispensando a tela do celular que pode ser usada para leitura de anotações, por exemplo. Já havia pensado nisso?

2 . Use-o como um segundo monitor

Quem precisa de duas telas, mas não quer investir em um segundo projetor, saiba que seu tablet pode ser usado tranquilamente para essa função. Você deverá buscar por um aplicativo, que atue na mesma função do Windows e Mac, como o iDisplay. Após isso, é só baixar e fazer a configuração para segunda tela.

3 . Aproveite-o nas viagens

Está precisando de um GPS e um tablet? Saiba que é possível unir os dois em um só! Para não ficar perdido nas viagens, use o aparelho como mapa mesmo offline. É fácil! Basta baixar o aplicativo do Google Maps ou – no caso iOS – Here WeGo, configurá-lo antes da viagem e usá-lo mesmo sem sinal de operadora.
Gostou das nossas dicas? Aqui no Descomplik, blog da ibyte, nós sempre estamos trazendo conteúdos como esse! Continue por aqui e confira muito mais textos sobre o universo tecnológico! Talvez nosso texto sobre as diferenças entre Kindle e Tablet possa te interessar! Dê um pulinho por lá e confira!

Como escolher Smart TV? Aprenda com a ibyte!

Como há uma grande demanda de televisores smart sendo vendidos, fica cada dia mais difícil escolher o modelo ideal. Marcas como Samsung, LG, Sony e Philips, dispõem de exemplares que garantem recursos diferenciados e características que agregam além da qualidade de imagem – o que torna a escolha ainda mais difícil.

É nesse momento que o grande questionamento surge: como escolher a Smart TV ideal? Bem, existem diversos pontos que precisam ser observados, como sistema operacional, taxa de atualização de imagem e interação com outros serviços!

Foi pensando nisso tudo que nós do blog Descomplik elaboramos um passo a passo infalível para você escolher a sua Smart TV sem nenhum tipo de erro. Continue rolando a página e confira!

7 dicas sobre como escolher a Smart TV ideal

Resolução, taxa de atualização, qualidade de imagem, tamanho da tela e sistema operacional são os pontos principais que devemos observar quando vamos escolher a Smart TV ideal. Contudo, ainda podemos verificar se os modelos possuem outros diferenciais, como acessibilidade e interface otimizada para novas tecnologias.

Na sequência, você confere um check list de pontos essenciais para escolher a Smart TV dos sonhos! Papel e caneta em mãos? Vem com a gente e entenda tudo o que você precisa observar ao escolher o seu televisor Smart.

1 . Resolução

A resolução é um dos pontos mais importantes quando vamos escolher uma Smart TV sabe o motivo? Em canais abertos a resolução tende a ser melhor quando possui uma tecnologia mais refinada. Já nos filmes, a transmissão fica mais nitida, sendo possível acompanhar até os pequenos detalhes.

Por exemplo, modelos Full HD (1920 x 1080 pixels) começaram a ficar ultrapassados, graças à chegada de novas tecnologias, bem como são mais limitados em relação às entradas e tamanhos de telas – disponíveis de 32’’ a 49’’.

Já os modelos em 4K (3840×2160 pixels) possuem maior demanda no mercado, pois são uma das tecnologias em resolução que mais agrada o público. Mais acessível do que os modelos em 8K, as Smart TVs em Ultra HD podem ser encontradas em tamanhos médios, como o de 40”, até modelos bem maiores, de 65” além.

Contudo, como é um dos exemplares mais procurados, há também grande variedade de valores e níveis diferentes de tecnologia ofertados. Prefira aqueles que possuem versão em HDR e Dolby Vision na imagem e DTS:X e Dolby Atmos, pois esses critérios fazem diferença no resultado final.

Finalmente, os modelos em 8K são os mais tecnológicos do mercado! Em uma resolução incrível de 7680×4320 pixels, a qualidade de imagem é sem dúvida a melhor! Contudo, são restritos a telas maiores e o valor é um pouco mais elevado.

2 . Taxa de atualização

A taxa de atualização é um critério bastante técnico, que geralmente interessa ao público gamer, porém também pode cativar outros tipos de consumidores. Essa é uma medida baseada no índice de velocidade que a tela faz atualizações por segundos, o mais comum no mercado são modelos que oferecem atualização de 60 quadros por segundo – 60Hz.

Exemplares em valores mais elevados podem garantir o dobro da velocidade de atualização, sendo capazes de promover atualizações de 120 quadros por segundo, ou mais tecnicamente, de 120Hz. Para que você entenda melhor, a taxa de atualização influência no tipo de transmissão, garantindo filmes e séries, por exemplo, mais atualizados e com menos chance de delay.

De fato, toda essa capacidade de atualização garante imagens mais fluidas, limpas e – para quem curte assistir filmes e séries – a tecnologia garante experiência de cinema! Contudo, não basta adquirir um produto tão potente e o console e computador – alô, gamers de plantão! – não serem capazes de suportar a atualização.

3 . Qualidade de imagem

No primeiro tópico, nos exaltamos a qualidade de televisores Smart com tecnologias em HLG e Dolby Vision. Entretanto, os modelos mais comuns possuem HDR – em uma infinidade de versões.

Esse ponto é importante no dia a dia de quem gosta de curtir imagens mais vivas e limpas. Por exemplo, ao assistir um filme e podemos notar como definição das cores de uma imagem fica muito mais superior quando o aparelho possui um HDR mais elevado.

Por isso, para quem deseja comprar um televisor com qualidade de imagem superior, é mais interessante valorizar modelos que suportem o HDR10+, a versão mais recente da tecnologia e que garante cores mais ricas, além de imagens mais definidas – contudo, o conteúdo precisa ser compatível. Pense nisso!

4 . Tamanho da tela

Muita gente tem o sonho de comprar um televisor Smart grande, que tome a parede toda da sala. No entanto, nem sempre a maior tela é a melhor, considerando que os espaços em que a TV será colocada devem abrigar um produto de porte grande.

Como assim? Telas muito grandes em cômodos pequenos causam desconforto na experiência e o mesmo ocorre para telas muito pequenas em locais amplos. O melhor é economizar e escolher o modelo mais indicado para nossa realidade, concorda?

5 . Sistema operacional

Hoje existem televisores com diversos tipos de sistema operacional, como no caso da LG que usa o webOS e Samsung com o Tizen. Contudo, é possível verificar outros modelos de entrada com plataformas mais básicas.

Nesse caso, o importante é procurar por uma Smart TV que ofereça aplicativos interessantes e disponibilize acesso a plataformas para comprar em lojas virtuais ou, em alguns casos, baixá-los gratuitamente.

Plataformas mais famosas, como o Android TV da Google, irão garantir os aplicativos usados, como Globoplay, Amazon, Netflix e Spotify, além de uma grande diversidade de outros recursos para a sua TV.

6 . Acessibilidade

Alguns modelos mais tecnológicos oferecem uma grande variedade de recursos em acessibilidade. Interação com câmeras, luzes e portões são somente alguns exemplos dessa facilidade. Há aqueles que, inclusive, funcionam por meio de comando de voz e usam assistentes virtuais, integrando a TV ao ambiente.

Aliás, fabricantes de TV que também atuam no segmento de smartphones, tendem a incluir recursos interativos entre os aparelhos. Por isso, se você possui um celular Samsung talvez seja legal olhar com mais carinho para os televisores da mesma marca – mas pense se realmente vale a pena, tá? Às vezes, só um Chromecast já é o suficiente!

7 . Interfaces

Finalmente, é preciso falar sobre interfaces! Se você deseja uma Smart TV qu vai permanecer hábil para uso durante muitos anos, o mais interessante é optar por um modelo com HDMI 2.1, que permite vídeos com resolução em até 10K – ótimo para quem deseja um monitor para experiência gamer com o novo Playstation 5 e Xbox Series X.

Além disso, outro aspecto importante é estar atento à conectividade da sua rede! Se você deseja uma Smart Tv em Ultra HD (4K), é necessário uma porta Ethernet, que será responsável por ligar o aparelho direto ao roteador. Caso isso não ocorra e você insista no Wi-Fi, pode ser que a resolução fique comprometida e a imagem decepcione!

Acima de tudo, lembre-se sempre que você precisa escolher um modelo de Smart TV que seja adequado ao seu contexto de vida. Não adianta comprar um televisor muito grande para uma sala compacta, certo?

Aqui, no blog da ibyte, nós divulgamos semanalmente conteúdo sobre os mais diversos temas do universo tecnológico. Continue conosco e conheça mais de nossas dicas!

Aproveita que você está procurando pela Smart TV ideal e leia nosso texto sobre as melhores caixas de som bluetooth, ótimas para tornar a experiência de som do seu televisor ainda melhor! Te vejo por lá!

Computador travando? Aprenda a resolver esse problema!

Ninguém merece usar um computador travando! Apenas irrita e atrapalha a rotina, não é mesmo? Então, vamos resolver esse problema. Tomara que seu computador não trave durante a leitura.

1. Sistema operacional: atualize ou reinstale

Vamos começar com o motivo mais comum dos computadores travarem, as atualizações pendentes. Geralmente, nós negligenciamos essas atualizações e vamos sempre deixando para depois. Porém , elas são extremamente necessárias para sempre renovar o sistema operacional.

Quando o computador começar a travar demais, confira se não tem alguma atualização pendente. Depois que efetuar a operação de atualizar pode ser que a lentidão já seja reduzida drasticamente. Esses updates são necessários para aprimorar o computador.

Agora, se nem com as atualizações ou as demais opções que falaremos na sequência o problema for resolvido, então teremos que tomar uma decisão drástica. Reinstalar o sistema operacional.

2. Instale SSD

Olha só, nossa segunda alternativa é instalar um SSD, uma opção bem interessante para dar um upgrade no seu computador.

Na verdade, ele aumenta a performance no momento da inicialização e na abertura dos programas. Sabe quem usa muito esse hardware? Designers, arquitetos e desenvolvedores, tudo porque os softwares que eles precisam para trabalhar são pesados – então, precisam de máquinas potentes, com excelente SSD!

Sobre esse assunto, nós temos um conteúdo bem interessante onde nossos especialistas ensinam se vale a pena investir em SSD. Confira e aprenda toda a eficiência desse componente.

3. Exclua todos os dados que não usa mais

Outro erro que fazemos muito é nunca limpar o pc de forma periódica. Isso você já deve saber, mas vale a pena ressaltar que tudo que é pesquisado no browser fica armazenado no histórico.

Essa ação de sempre armazenar é como se você nunca jogasse fora a embalagem dos produtos que compra. É quase inimaginável, pois o ambiente fica cheio apenas com as bagunças do dia a dia, imagine se nunca descartarmos o que não usa.

Concluindo, se na vida é impossível ter um local saudável com tanto lixo, imagine para as informações circularem dentro do computador. Exclua tudo que é antigo e não é usado mais.

4. Desinstale programas inutilizados

Bom, seguindo o mesmo conceito do tópico anterior, os programas que não são utilizados apenas ocupam espaço. Tem programas que baixamos apenas para um trabalho momentâneo e nunca mais usamos, mas nos apegamos e deixamos por lá… Afinal, vai que uma hora precisa, não é mesmo?

Se identificou? Então, chegou a hora de desapegar desses programas para deixar o computador trabalhar tranquilamente. Tenha a seguinte frase em mente: “faz mais de três meses que não uso? ” Se sim, descarte! Se ele voltar a ser necessário em algum momento, tudo bem, é possível baixar novamente.

Como remover programas:

  1. Abra o painel de controle;
  2. Depois, acesse os “programas e recursos”;
  3. Nesta lista que abriu, selecione os que não usa e clique em desinstalar.

5. Elimine spywares e malwares

Ainda não resolveu? Então, pode ser vírus. É muito comum ter spywares e malwares rodando no computador. Eles apenas ocupam espaço, prejudicam a comunicação correta entre os dados e os corrompe.

Portanto, ter um deles no pc não é interessante, pois ele danifica os softwares e destrói os dados. Para solucionar esse problema é preciso instalar um antivírus potente. Posteriormente, ele faz uma varredura completa e elimina todos os vírus.

Como saber se está infectado:

  1. Na barra de tarefas, clique com o botão direito;
  2. E acesse o gerenciador de tarefas;
  3. A aba aberta mostra o desempenho das páginas abertas e as que estão em segundo plano. Veja se tem algum estranho, provavelmente é o vírus;
  4. Depois, instale um antivírus.

6. Desfragmente o disco

Outra opção que pode resolver o problema é reorganizar os arquivos do HD. É isso que a desfragmentação do disco faz. Ela junta os pedaços soltos dos programas e os alinha para que otimizem o tempo de respostas.

Mas como chegou nessa desordem? Funciona assim: todas as vezes que excluímos um arquivo, o espaço que era ocupado por ele fica vazio. Logo, esse espaço será ocupado com o próximo arquivo baixado. E quando esse novo arquivo é muito grande, ele é dividido entre inúmeros pequenos espaços.

Com o passar do tempo, o disco rígido precisa esforçar-se demais para conseguir unir uma única informação. Por isso, desfragmente o disco para organizar os dados e melhorar a performance do seu pc.

Como fazer a desfragmentação do disco:

  1. Acesse as configurações;
  2. Depois selecione a aba de propriedades;
  3. Em seguida, vá até a aba de ferramentas;
  4. Clique em desfragmentar agora.

7. Ainda não resolveu? Talvez seja a hora de comprar um computador novo!

Apesar de tudo, o problema ainda persiste? Então, meu amigo, pode ser a hora de comprar um novo computador. Essa é a última alternativa, visto que já tentamos de 6 maneiras diferentes de melhorar o desempenho do seu computador e ainda não resolveu.

Tente todas essas alternativas que citamos, porém não dispense a possibilidade de investir em um notebook novo ou montar um pc gamer. Com certeza, essas duas opções não travam e fluem o trabalho. Se tem dúvidas para escolher, acesse o conteúdo super interessante que preparamos sobre pc gamer x notebook gamer – qual a melhor opção.

Conseguiu chegar até o final do post sem travar? Temos uma evolução aqui? Brincadeiras a parte, você sabe que pode contar com a Descomplik para resolver todos os empecilhos de tecnologia, não é mesmo?

Então, aproveite para conferir o conteúdo sobre 8 melhores modelos de notebook para trabalho.

Notebook para trabalho: conheça os 8 melhores modelos!

Trabalhar nos dias de hoje sem tecnologia tornou-se praticamente impossível, pois tudo o que precisamos fazer envolve – de alguma maneira – recursos que estão relacionados à internet. Por isso, escolher o melhor notebook para te acompanhar nas tarefas laborais é tão importante!

Considerando que grande parte dos arquivos que elaboramos são feitos em notebooks ou computadores de mesa – além de smartphones e tablets – selecionar o modelo mais adequado para as nossas demandas é essencial!

Contudo, essa tarefa pode ser um pouco complicada quando não entendemos muito quais configurações são necessárias para que possamos desenvolver nosso trabalho sem qualquer tipo de dor de cabeça.

Diante disso, a ibyte elaborou uma lista com os notebooks mais procurados para ações na vida do trabalhador. Quer ficar por dentro dessas opções aprovadas pelo nosso time de especialistas? Continue rolando a página e veja na sequência!

Qual o melhor notebook para trabalho?

Há algum tempo os notebooks têm superado os chamados computadores de mesa. Eles são mais leves e possibilitam que as demandas de nosso trabalho sejam executadas em qualquer lugar – afinal de contas, quem nunca ficou até depois do horário para terminar uma atividade, não é mesmo?

Sem deixar nada a desejar em configurações, os modelos que nós listamos para você são completos em capacidade de rodar programas de textos, planilhas e apresentações. Além disso, contam com desenvoltura para suportar os mais diversos tipos de programas executados tradicionalmente no ambiente de trabalho, sem te deixar na mão por travamentos e necessitando formatá-lo.

Contudo, caso você precise de um reforço e tenha que fazer a formatação do aparelho, tem um de nossos conteúdos que pode te ajudar a formatar de maneira simples, rápida e com as melhores técnicas. Vale a pena conferir!

Vem descobrir qual o modelo ideal para o tipo de serviço que você executa e pare de ter dores de cabeças com aquele pc que fica travando a todo momento:

1 – Samsung Book X50

Esse modelo é considerado um dos exemplares intermediários da Samsung. Disponibilizado no mercado desde 2020, o Book X50 é ótimo para rodar os programas mais tradicionais usados no ambiente de trabalho, como word e excel. Além disso, ele suporta aplicativos mais pesados.

Conta com o brilhante Intel i7 10510U, um processador de 10ª geração, muito usado para programas mais pesados, bem como aplicativos. Além disso, oferece 8GB de memória RAM, com possibilidade de expansão para um upgrade de até 16GB.

A placa de vídeo é bastante satisfatória também, e é super indicada para quem trabalha editando vídeos e demais mídias! O armazenamento é feito por meio de um HD de 1TB, porém ainda há a possibilidade de instalação de SSD para uma melhor performance e agilidade!

2 – Samsung Style S51

Outro modelo bastante solicitado por usuário de notebook para fins domésticos é o Samsung Style S51. Além disso, é considerado um dos exemplares com melhor acabamento da marca, pois possui uma estética moderna e futurista.

Com um processador i5 de oitava geração, o modelo é indicado para uso diário, mas também consegue comportar programas e aplicativos mais pesados. Contudo, por não possuir uma placa de vídeo mais forte, acaba perdendo em desempenho para jogos.

O diferencial dessa opção é que – para quem trabalha com produção de textos e planilhas – o teclado Lattice garante uma digitação confortável e ágil, pois foi elaborado com material super durável, teclas mais macias e precisas. O SSD – de fábrica – possui incríveis 256GB, o que significa que o computador possui bastante rapidez.

3 – Lenovo IdeaPad S145

Procurando um notebook para trabalho que possua um ótimo custo e benefício? O modelo 81S90003BR pode ser a solução dos seus problemas. Bastante potente, ele possui um processador i7 de oitava geração, o que garante que o desenvolvimento das tarefas mais simples seja prático e rápido, mas também suporta programas mais pesados – em nível intermediário.

Com 8GB de memória RAM, é possível a abertura de diversos tipos de softwares sem problema algum. Além disso, ainda tem o “bonus” de fazer a atualização para até 20GB. A placa de vídeo também merece destaque, já que é a MX110, com 2GB de memória, dando oportunidade para edição de vídeos com facilidade e desenvoltura!

4 – Lenovo Ultrafino Ideapad 330

O Lenovo Ideapad 330 é um dos modelos da marca mais indicados para o uso comum, trabalho e estudos, pois vem com tecnologia antirreflexo, o que garante um conforto indescritível no desenvolvimento das atividades.

O processador é o Intel Core i3-7020U que, combinado aos 4 GB de memória RAM e ao armazenamento interno de 1 TB, atribui uma desenvoltura rápida e funcional bastante eficiente! Ah, e não é somente isso! Por possuir tecnologia WIFI/A, é possível deixar sua internet até 2 vezes mais rápida.

Porém, se o seu roteador não estiver funcionando bem, o WIFI/AC não conseguirá deixar a sua internet mais rápida. Para esses casos, é preciso identificar qual o momento de trocar o seu roteador e manter a qualidade da sua internet.

5 – Acer Aspire 5

Tradicional no mercado de computadores de mesa e portáteis, a Acer traz para essa lista o modelo Aspire 5, que possui um processador excelente. O Intel i5 10210U, é muito potente e eficiente, não dando abertura para nenhum tipo de travamento.

Aliado a toda robustez de processos, conta com 8GM de memória RAM, o que garante que você possa fazer diversas edições sem contratempos. Grande parte dessa qualidade toda é devido ao Geforce MX 250, placa de vídeo excelente que possui 2GB de memória.

A Geforce MX 250 oportuniza ao usuário fazer uso de diversos tipos de editores de vídeo, foto, modeladores de ambiente 3D – e até mesmo alguns jogos mais leves. Equipado com SSD de 256GB e com uma bateria que dura até nove horas de uso contínuo, esse modelo é ideal para quem gosta de trabalhar em diversos ambientes sem ter que ficar em meio a um monte de fios.

6 – Dell Vostro 5000

Leveza, classe e elegância são adjetivos que podem definir a estética do Dell Vostro 5000. Ultrafino e leve, esse computador cabe na sua mochila sem te deixar com dores nas costas.

Contudo, essa não é somente a única vantagem do modelo, já que ele vem equipado com um processador i5 de 10ª geração – modelo i5 10210U – que suporta o uso dos aplicativos e programas que vão do leve ao mais pesado.

Além de contar com um processador incrivelmente robusto, o Vostro 5000 também vem com uma placa de vídeo MX230, com 2GB de memória, ótimo para quem desempenha trabalhos em home office e precisa estar o tempo todo conectado e fazendo chamadas de vídeos com os parceiros de equipe.

Conheça outros acessórios eletrônicos para turbinar seu home office!

7 – Acer Aspire 3 A315

Esse outro modelo da Acer foge um pouco ao padrão dos demais processadores acima descritos, pois ele conta com a versão Ryzen 5 3500U – equivalente ao exemplar Intel i5 de oitava geração. Para uso comum e diário ele atende bem, rodando até mesmo alguns programas mais pesados.

O armazenamento é híbrido, pois possui um SSD de 128GB para a operação de sistemas e programas, bem como um HD de 1TB para armazenar arquivos do usuário. A placa de vídeo – Radeon 540X – te dá liberdade para fazer uso de jogos, programas de edição ou demais aplicações que necessitem de mais robustez gráfica!

8 – Asus Zenbook 14

É tecnologia para reprodução de imagens que você precisa? O modelo Asus Zenbook 14 traz uma revolução nessa questão, já que em lugar do touchpad ele conta com uma tela adicional, com 5,65 polegadas, resolução Full HD e touchscreen – reage ao toque.

Você pode estar pensando que por trazer essa grande revolução o Zenbook 14 perde em potência, porém devo dizer que ele traz também um ótimo desenvolvimento. O processador é o Intel i7 10510U, que consegue alcançar até 4,90GHz, o que significa que pode rodar até mesmo programas mais pesados.

Além disso, possui 8GB de memória RAM e 256GB de armazenamento, já em formato de SSD de fábrica. Ah, de acordo com a Asus, a bateria desse modelo pode chegar a durar – sem interrupções – a até 10 horas, sensacional, não é mesmo?

Escolher o modelo certo de notebook para trabalho é realmente um desafio! Por isso, antes de considerar as opções da lista, pense em quais características você precisa que o aparelho tenha excelência. Assim, será possível determinar um padrão e selecionar com mais facilidade aquele exemplar que irá te atender completamente!

Gostando do nosso conteúdo? Por aqui nós sempre trazemos diversas informações interessantes sobre o universo tecnológico! Continue conosco e aproveite para se aprofundar ainda mais lendo nosso texto sobre os 10 melhores aparelhos para deixar sua casa inteligente! Te espero lá, tudo bem?!

Como Formatar Notebook? Aprenda As Melhores Técnicas Com a Ibyte!

Quem trabalha no computador todos os dias sabe que sua velocidade interfere muito na produtividade. Um PC ágil possibilita mais pesquisas, mais informações e uma ação concluída em minutos, mas é comum nos depararmos com o oposto. Ações lentas, ou páginas que demoram a carregar podem ser um sinal, mas como formatar um notebook?

A lentidão pode ser resultado de algum vírus no sistema, arquivos muito pesados, programas ultrapassados e tantos outros fatores. E muitas vezes esse problema no notebook significa que ele já passou do tempo, mas na maioria dos casos essa é uma situação fácil de ser resolvida com uma simples formatação do sistema.

A formatação de notebooks pode até parecer um “bicho de sete cabeças” quando você não é um expert no assunto, mas ela pode ser bem mais simples do que a maioria das pessoas pensam. Você só precisa seguir algumas indicações e não ignorar nenhuma etapa, pois todas elas são essenciais para o sucesso da operação.

Hoje a equipe ibyte preparou um guia completo para te ajudar a entender a importância da formatação, independente se você usa um macbook, ou se seu sistema operacional é o Windows, é possível formatar em casa de maneira simples. Vem com a gente conferir!

Chegou a hora: como formatar o computador?

Antes de seguir para o passo a passo é importante entender os sinais que seu notebook está oferecendo. A formatação pode até ser feita de forma prática, mas isso não significa que podemos fazê-la independente da necessidade, é importante esperar a hora certa para eliminar todos os problemas.

O procedimento de formatação deve acontecer em situações críticas, quando todos os sinais indicam um problema maior como uma “infestação” de vírus ou uma pane no sistema, como a famosa “tela azul”.

Um erro de sistema irrecuperável, uma falha de hardware e até mesmo uma sequência muito grande de arquivos e programas corrompidos pode ser um importante sinal que chegou a hora de colocar a mão na massa e seguir nossas dicas sobre como formatar seu notebook:

Você usa o Windows? Aprenda a formatar suas principais versões!

O sistema operacional Windows se mantém firme no mercado, e oferece para seus usuários ótimas possibilidades de apropriação de suas funções, tanto nas mais básicas, quanto aquelas que mais demonstram o avanço dessa operação.

WINDOWS 8, OU O 8.1

O primeiro passo para iniciar a formatação nesse sistema é criar um ponto de restauração. Para isso, você só precisa ir até o menu iniciar, digitar “Ponto de Restauração” e clicar no resultado com o nome de “Criar ponto de restauração” e apertar o botão que indica “Criar”. Fácil, não?

Agora que o ponto de restauração já está feito, vamos iniciar a formatação do sistema de fato. Aqui, você vai arrastar o mouse para lateral direita da tela e clicar em “configurações”, assim que a janela seguinte surgir, escolha a opção “Mudar configurações do computador”.

Em seguida, é só clicar em “Atualização e recuperação”, algumas opções irão surgir, escolha a que diz respeito a “atualizar seu computador sem afetar arquivos”. Pronto, agora você só precisa clicar em “Remover tudo e reinstalar Windows” e a formatação será iniciada.

WINDOWS 10

Quem utiliza a última atualização do Windows tem a vantagem de um processo bem mais simples. O começo permanece o mesmo, abra o menu inicial, clique nas configurações e selecione a opção “Recuperação”. Para selecionar se você prefere manter ou apagar todos os arquivos, selecione a opção referente a sua necessidade em “Introdução”.

Depois desses comandos, o Windows vai exibir todos os aplicativos que serão apagados durante o processo após apertar a opção “Avançar”. Para dar início ao procedimento, clique em “Restaurar” e a formatação terá início. É importante entender que o tempo de restauração é diferente para cada notebook.

Formatação para notebook Mac: um processo prático!

Das versões mais atualizadas, até algumas posteriores, o processo de formatação dos notebooks que utilizam o sistema MacOS, como o X 10.7, é basicamente o mesmo. No menu Apple, encontre a opção “Reiniciar”, clique e confirme sua escolha para que o notebook seja desligado.

Assim que ele começar o processo de reiniciar, pressione as teclas “Command + R”, solte-as apenas quando o logo da empresa aparecer no meio da tela. A próxima tela será nomeada como “Utilitários do MacOS”, nela você precisa selecionar a opção “Utilitário de disco”, e depois a opção continuar para escolher o disco rígido do seu Mac.

Para seguir com o processo, é só clicar em “Apagar” e renomear o local com uma opção fácil de lembrar. A seguir, escolha a melhor opção de formatação em “Formato”, mas lembre-se, para reinstalar o sistema MacOS, é preciso escolher entre MacOS Expandido cronológico, para mais agilidade, ou criptografado, para maior segurança.

Para finalizar o processamento, e dar inicio a formatação do seu notebook Mac, clique em “Apagar”. Pronto, agora é só aguardar para que a atualização seja concluída.

A formatação é um processo de atualização e limpeza básica do sistema, porém muitas vezes só ela não é suficiente e, caso necessário, é importante contratar os serviços de um especialista para uma entender as necessidade e encontrar a melhor solução para o notebook.

Pensando nessas necessidades que vão além da capacidade básica de formatação de notebooks, a Ibyte selecionou um time de especialistas para te ajudar! Para momentos assim, é só chamar o Ibyte Service e não ficar mais quebrando a cabeça!

Gostou das dicas? Aproveite para conhecer todos os conteúdos aqui do blog Descomplik. Nos vemos no próximo post!

Ar-condicionado mais econômico: confira 5 opções!

As pessoas que geralmente gostam do verão lidam com mais tranquilidade com as temperaturas altas e os dias longos, porém a cada ano os termômetros marcam números cada vez mais altos, ficando quase impossível viver sem climatizadores.

Dessa forma, a procura de ar-condicionado aumenta, tendo em vista que, hoje em dia, é possível encontrar diversos modelos econômicos que cumprem sua função sem pesar no bolso no próximo mês.

Por outro lado, saber qual ar-condicionado é mais econômico acaba se tornando um desafio. Com tantas opções, nem sempre é possível chegar a uma conclusão definitiva. Pensando nisso, nós da ibyte preparamos uma lista com 5 modelos de aparelhos de ar-condicionado mais econômicos para te ajudar a escolher o seu!

Como escolher o ar-condicionado mais econômico

Garantir um ar-condicionado econômico não é mais uma opção, é uma necessidade! Afinal, durante a maior parte do ano, no Brasil, lidamos com temperaturas altas. Assim, o uso excessivo de energia elétrica para se refrescar pode pesar no momento de pagar a conta.

Para te ajudar, preparamos uma lista com 5 modelos que garantem muito mais eficiência, gastando bem pouco. Aproveite para saber as principais informações sobre cada um e escolha aquele que mais se adequa à sua necessidade.

1. Ar-condicionado Split Samsung Digital Inverter

Esse primeiro item da lista, da marca Samsung, funciona de maneira muito mais otimizada para garantir sua economia de energia. Isso porque o aparelho conta com inversor digital econômico para deixar a temperatura ideal sem que você precise ligá-lo e desligá-lo várias vezes.

Assim, o ar-condicionado consome muito menos energia e ainda te auxilia a deixar seu ambiente agradável por várias horas seguidas. O seu modo de resfriamento rápido também soma muitos pontos, pois conta com velocidade alta de ventilador por até 30 minutos.

2. Ar-condicionado Split LG Dual Inverter Compact

Imagine economizar até 60% de energia elétrica e ainda garantir a refrigeração até 30% mais eficaz somente com um aparelho de refrigeração? Pode parecer um sonho, mas aproveite, pois com o LG Dual Inverter é realidade.

O aparelho da LG é mais estável e tem vibração reduzida devido ao balanceamento do motor duplo localizado no compressor. Dessa forma, com velocidade reduzida, o ar-condicionado diminui também o volume de partidas do compressor, gerando economia.

3. Ar-condicionado Split Dual Inverter LG Art Cool

Esse ar-condicionado se assemelha ao aparelho que você viu no tópico anterior, porém, se você deseja mais funcionalidades no mesmo produto, com certeza vai amar as características do LG Art Cool.

Uma das suas vantagens é a tecnologia Jet Dry, que garante a desumidificação de ambientes com altos índices de umidade. Além disso, é super silencioso e ainda tem um design super moderno e sofisticado.

No quesito economia de energia, esse aparelho garante até 70% a menos nos gastos. Já em relação a quantidade de consumo, o produto conta com um display ideal para que você possa acompanhá-lo.

4. Ar-condicionado Split Inverter TCL

Esse item da marca TCL foi desenvolvido especialmente para garantir mais economia e eficiência. A prova disso é a sua tecnologia High Efficiency, capaz de manter o ambiente com a temperatura ideal sem dificuldades.

Sendo de fácil montagem, esse ar-condicionado também conta com função Auto-restart, permitindo que o aparelho volte com o mesmo nível de temperatura após uma queda de energia.

5. Ar-condicionado Springer Midea AirVolution Frio

Sendo classificado com o selo A de Energia pela Procel, o ar-condicionado Springer da marca Midea é uma excelente sugestão para quem precisa de mais conforto sem investir uma grande quantia todos os meses.

Sendo de baixo consumo, o produto ainda ganha pontos pois não agride a camada de ozônio. Em questão de funcionalidade, o ar-condicionado conta com controle remoto de tecnologia Backlight, otimizando a forma de usar o equipamento durante a noite.

Como economizar com o uso do ar-condicionado

A principal maneira de economizar com o uso desse equipamento é garantir aquele que seja eficiente sem a necessidade de consumir muita energia. Mas, além disso, existe uma dica especial para gastar menos.

Ao escolher o seu ar-condicionado, leve em consideração o tamanho do ambiente que você deseja resfriar. Assim, é possível ter mais facilidade para escolher o produto com a potência ideal. Além disso, você evita cometer o erro de adquirir um item que precisa trabalhar muito para conseguir manter a temperatura adequada.

Por fim, agora que você já conhece 5 opções de ares-condicionados econômicos, está muito mais preparado para aproveitar todos os seus benefícios sem prejudicar o seu financeiro. Caso você tenha alguma dúvida sobre algum deles, deixe um comentário aqui embaixo.

Aproveite também para enviar este post para aquelas pessoas que você conhece e que desejam garantir um aparelho econômico e muito eficiente.

Shopping Basket