O que anda acontecendo no mundo tecnológico #3

Apple Watch pode dominar metade do mercado este ano.

É impressionante o sucesso que o Apple Watch está fazendo. Ao contrário do iPhone que na prática reinventou, e dominou por anos, o mercado de telefonia móvel, o relógio da Apple chegou tarde para um mercado MUITO, mas MUITO mais fragmentado e cheio de grandes participantes tradicionais que àquele. E ao que tudo indica, vai dominar este mercado, de uma venda estimada de pouco mais de 28 milhões de relógios inteligentes este ano, o IDC, uma respeitada firma de pesquisa de mercado, acredita que a Apple possuirá uma fatia de quase 50% ao final do ano. A conferir.

Operadoras querem acabar na marra com a neutralidade da rede.

Existe um princípio fundamental na internet, que é o da neutralidade da rede, ou seja, os dados que viajam através de sua infraestrutura, não podem e não devem sofrer discriminação em razão do que esteja sendo transportado. Não importa se é uma obra de Shakespeare, um meme infantil, ou transação bancária, TUDO, absolutamente TUDO, tem que ser tratado de forma isonômica. Uma declaração de um executivo da Vivo, que disse que quem faz uso de plataformas de streaming, como Youtube e Netflix têm que pagar mais, é para fazer abrir, e bem os olhos. Vale a lembrança de que a Vivo comprou a GVT, e agora irá implementar franquias de consumo de dados na empresa.

Android Auto, a versão do sistema para carros, foi lançado oficialmente no Brasil.

Carros conectados são cada vez mais uma realidade, e a Google Inc. anunciou que seu sistema operacional passou a estar disponível em 18 países, inclusive o Brasil. O Android Auto é muito mais que simplesmente uma central de mídia, ele permite que smartphones sejam conectados através de si aos carros que equipam, e permitem a interação de apps no aparelho, com o veículo e vice-versa. Seu principal rival é o Apple CarPlay.

IA do Facebook ‘mostrará’ fotos a quem não pode ver

Existe todo um conjunto de normas de usabilidade na criação de conteúdo para web, criado para ajudar aqueles que não podem ver. São normas que permitem que programas chamados ‘leitores de tela’, permitam a quem tem a visão parcial ou completamente comprometida, ‘ouvir’ o que está na tela. Um dos pontos mais complicados para fazer algo que obedeça corretamente estes termos de usabilidade, é a descrição das imagens. Pois bem, na última versão de seu app para iOS, o Facebook fez um ‘gancho’ com um programa de inteligência artificial, que tenta reconhecer, e narrar para o usuário que usa leitor de tela, o que aparece em fotos. Ponto para o Facebook!

Um dos domínios mais antigos da internet, foi leiloado!

Quick.com, um domínio criado em 31 de agosto de 1987 foi o 85º domínio de interna a ser registrado! O domínio foi parte de um grande leilão com vários outros nomes considerados ‘premium’, dia 19 de abril passado em San Francisco, e foi arrematado pelo valor astronômico de US$299.000,00!! Além dele, vários outros domínios considerados ‘premium’ foram também vendidos, Blaze.com foi arrematado por US$253.000,00, snowboard.com arrematado por US$86.250,00 e sex.co por US$63.250,00!!

Duas curiosidades, o primeiro domínio a ser registrado, em 1985, foi symbolics.com e o domínio mais caro já vendido, pelo menos que se tenha notícia, foi mi.com, comprado pela fabricante chinesa de celulares Xiamoi por astronômicos US$3,6 milhões

O que anda acontecendo no mundo tecnológico #2

Finalmente, os tênis que se amarram sozinhos!

Uma das coisas que mais deixou louca de amores a geração que era adolescente no tempo que De Volta Para o Futuro II foi lançado, não foi nem tanto o skate voador, mas sim, o tênis da Nike que tinha a incrível capacidade de auto-amarrar!

Bem ou mal, o skate voador chegou ao ‘mundo real’ ainda ano passado, no aniversário de 25 anos do filme, até a Lexus, marca de carros de luxo da Toyota, apresentou um. Bem, agora a Nike anunciou Nike Hyperadapt 1.0, o tênis auto-amarrável! Sim, graças às novas tecnologias de armazenagem de energia, e servo-motores mais eficientes, o tênis que se amarra foi anunciado.

Por enquanto ainda é um conceito, mas no final de ano deverá ser posto a venda, o preço será provavelmente será astronômico, até lá, fique com o vídeo!

Depois da Apple, o FBI vai atrás do Whats App

Lembram que eu falamos aqui que a Apple estava enfrentando o FBI, a fim de não inserir um backdoor no iOS, que no final das contas tornaria todo o sistema operacional inseguro? Bem, o FBI também foi atrás do Facebook, querendo o mesmo do WhatsApp.

Vale a lembrança que, recentemente, no Brasil, o vice presidente do Facebook foi preso por desobedecer um mandado para fornecer alguns diálogos, segundo ele, era impossível. Vamos acompanhar a história!

Ah, um desdobramento da questão da Apple, foi que ela informou que irá usar um tipo de encriptação no iCloud, que ela não poderá quebrar mesmo que queira. Pontos para a empresa.

GO: DeepMind, a inteligência artificial do Google, ganha de humano

Xadrez e Go representam a filosofia da guerra. Xadrez representa o ocidente e sua política de guerra de confronto frontal, com o objetivo de matar o oponente, ou dar ‘xeque-mate no Rei’. Go é um jogo infinitamente mais complexo, e o seu objetivo não é destruir o inimigo, mas sim, conquistar o máximo possível de território.

Ao contrário do Xadrez, em que as peças vão escasseando, em Go elas vão sendo adicionadas rodada a rodada, com a finalidade de cercar, e dominar o adversário. Pode parecer simples, mas a diversidade de jogadas é muito maior, e a estratégia muito mais complexa.

Pois bem, a DeepMind venceu Lee Se-dol, o melhor jogador do mundo, numa melhor de cinco partidas. Mas não se desespere, Se-dol conseguiu vencer uma das partidas, perdeu só de 4×1.

A China quer uma DARPA para chamar de sua

Talvez você nunca tenha ouvido falar da DARPA (Defense Advanced Research Projects Agency, Agência de Projetos de Pesquisa Avançada de Defesa), ela foi criada no final da década de 1950 para financiar o desenvolvimento de tecnologias, tendo por finalidade o avanço da tecnológico em si, sem a busca pelo lucro (isto vinha em segundo plano). Entre várias coisas, a invenção da ARPANET que talvez mais tenha impactado o mundo, sim, ela é foi a gênese do que viria a ser a Internet que você está usando para ler este texto.

Agora o gigante asiático quer deixar de ser a grande unidade fabril do mundo, e pular da pura manufatura, e cópia, para invenção, criando sua própria versão da DARPA. A organização, ainda não nomeada, foi iniciativa do presidente chinês Xi Jinping, que também ocupa o cargo de Secretário Geral do Partido Comunista e Chefe da Comissão Militar Central, ou seja, ele MANDA no país.

Um dos motivos do sucesso da DARPA, foi trabalhar lado a lado com a iniciativa privada, financiando e colhendo os frutos de um trabalho altamente descentralizado, a China ainda é um regime muito fechado, e não se sabe como a ideia será implementada, mas saiba de algo, não existe povo mais obstinado neste mundo.

A Apple enfrenta o FBI, pela privacidade de seus usuários.

Uma das batalhas mais importantes para a privacidade de dados está começando u a ser travada nos EUA, e tem de um lado uma das maiores empresas do mundo, a Apple, e do outro o FBI, a polícia federal norte americana.

É preciso, entretanto, explicar algumas coisas antes de entrar na questão propriamente dita.

Na década de 1970, foi criado um sistema de criptografia chamado assíncrono. Nele, uma chave pública é utilizada para cifrar um arquivo, e uma chave particular, criada pelo usuário e que apenas ele deve conhecer, é utilizara para decifrar.

Este é um sistema extremamente seguro de proteção de dados, porque não importa quantas pessoas saibam a sua chave pública, só quem tiver a chave particular será capaz de acessar ao que for protegido. Já há alguns anos, sistemas operacionais móveis como Android e iOS trabalham com a possibilidade de o usuário criptografar seu telefone, mais recentemente, a Apple passou a vender os telefones criptografados por padrão, ou seja, caso alguém tenha acesso ao aparelho em si, ou até mesmo aos dados extraídos de sua memória, não conseguirá decifrá-los.

Acontece que o atirador que matou algumas pessoas em São Bernardino (Califórnia), em dezembro de 2015, usando armas automáticas compradas legalmente, tinha um iPhone, que estava criptografado e foi encontrado pela polícia. Claro, o fato de alguém poder comprar uma quantidade absurda de armas e munições, não faz o governo do país subir uma sobrancelha, mas o fato de o telefone ser inacessível, aparentemente, é inaceitável.

O FBI pediu, então, que a Apple que criasse um ‘backdoor’, uma falha proposital que possa ser utilizada para que o Governo do país para acessar dados protegidos em iPhones. A Apple negou-se a fazer tal coisa, em uma entrevista à NPR, Tim Cook, CEO da empresa, explicou uma verdade fundamental sobre backdoors: apesar de serem falhas propositais, o backdoors continuam sendo falhas, e falhas podem ser exploradas também por indivíduos mal-intencionados.

Como Tim Cook frisou, a segurança hoje é incluída nos produtos Apple desde seu design, é algo primordial, e a empresa demonstrou que está disposta a lutar até o fim para não ser obrigada a violar desta forma a privacidade de seus usuários.

Ponto para a Apple, e torçamos por sua vitória.

00-festival

Tem notebook e impressora? Tem sim, e muito mais!

Começou o festival de notebooks e impressoras da Ibyte! MUITA coisa com preço bom, pinçamos aqui alguns itens, mas nas lojas vocês poderão pegar o encarte com as ofertas completas!

Notebook HP G4 240 + Mochila, e Multifuncional sem fio HP

Várias multifuncionais e cartuchos de impressora!

Chromebook Samsung, por um preço sensacional!

Notebook Samsung Core i3 + mochila!

Ideapad, LeNovo, mais mochila!

Você pode imprimir a partir do seu smartphone, a Ibyte Service, ensina como

Os preços valem até 31/03/2016, ou enquanto durar o estoque.

Qualquer dúvida, entre em contato através do telefone 4020-5000, mas fique sabendo, a Ibyte lhe atende até por WhatsApp!!

10-zapzap

museu-logo

Um passeio por 42 anos de história de videgames, no Museu do Videogame Itinerante

Esta caixinha de madeira que está logo abaixo é o “Telejogo Philco-Ford”, ele foi o primeiro videogame fabricado no Brasil, e foi também o videogame que acompanhou, a partir do final dos anos 1970, a primeira geração de crianças a crescer com jogos eletrônicos por aqui, como este que vos escreve.

Telejogo Philco Ford

O Telejogo Philco-Ford, de 1977, foi o primeiro console fabricado no Brasil

Fiz a foto do Telejogo logo no início do que se pode facilmente chamar de viagem no tempo, que talvez, para aqueles da minha geração, seja a melhor descrição do que é o Museu Itinerante do Videogame, que está em exposição no RioMar Fortaleza. E a sensação da viagem ainda é mais forte, porque além de itinerante, o museu é também interativo, e a foto abaixo retrata justamente isto!

À esquerda Street Fighter IV em um PS3, à direita um Atari 2600 rodando River Raid

À esquerda Street Fighter IV em um PS3, à direita um Atari 2600 rodando River Raid

Isso mesmo, qualquer um que chegar por lá pode participar desta viagem, e jogar em qualquer dos consoles que estão à disposição dos visitantes, além do próprio Telejogo, tem Odissey, Atari 2600, várias gerações de Nintendo (desde o ‘Nintendinho’ até o Wii U), várias gerações da Sega, os épicos Neo Geos – objetos de desejo dos anos 1990 -, entre outros. São tantos videogames ligados e a disposição que até se perde a conta!

Meu filho, que tem quinze anos, matou a curiosidade de jogar o mítico Goldeneye 007, no Nintendo 64, um dos melhores jogos de tiro em primeira pessoa da década de 1990, jogou também River Raid no Atari 2600, um jogo que eu tanto curti quando tinha a idade dele, entre outros.

Pip Pin Atmark

O raríssimo console da Apple, o Pip Pin Atmark, de meados dos anos 1990

Mas se jogar é bacana, a parte história é fantástica! Você poderá também ver consoles raros, como um videogame cuja mídia era o LD (imagine um CD do tamanho de um LP), videogames que nunca foram vendidos fora do Japão como o Sony PSX de 2003 – um híbrido de Playstation 2 e central multimídia -, acessórios como a Power Glove da Nintendo, ou um console triangular em que cada lado tem um controle diferente, e até o Bandai Pip Pin Atmark, um videogame criado pela Apple em 1985!

Geraçoes

No alto o Pioneer LD, com sua descrição a direita.
Embaixo o híbrido PSX de 2003 e o esquisitíssimo Telstar Arcade (

Além disso existem vários videogames de última geração para quem quiser interagir com algo mais moderno, e para os de espírito ‘dançante’, há um palco em que se pode jogar Just Dance 😉

Vale muito a visita, é uma excelente viagem no tempo. Lembrando que ele ficará no RioMar Fortaleza até o dia 20/09/2015 (domingo), funcionando das 10 da manhã até 22 horas, na Praça de Eventos 1 no piso L1. E não custa nada reforçar, a entrada é gratuita! Qualquer dúvida liguem 4020-5000.

museu do videogame


Por Gilberto Soares Filho,
consultor de TI, programador,
e entusiasta de videogames
desde criança.

museu do videogame

Oportunidade única! O Museu do Videogame Itinerante está em Fortaleza! (e é gratuito)

Uma pequena caixa de madeira com um tampo de alumínio, e uma das marcas mais esquisitas que já devem ter existido, ‘Philco-Ford’. No topo do aparelho, três pequenas alavancas de alumínio controlavam o liga/desliga, se era jogo ou treino (o treino permitia o jogo com apenas uma pessoa), e a escolha do canal da TV que se usaria. Dois pequenos botões era usados para escolher o modo de jogo, e iniciar a partida, e finalmente em cada lateral do aparelho, um ‘paddle’ fixo (controle giratório, semelhante a um sintonizador dos antigos rádios de carro).

Se a descrição não faz jus ao aparelho, você pode a partir deste sábado, 5 de setembro/2015, fazer uma visita à exposição do Museu do Videogame Itinerante, que estará, com o apoio da Ibyte, na Praça de Eventos 1 (Piso L1) do Shopping RioMar Fortaleza, e ver pessoalmente este e dezenas de outros consoles que estarão em exposição.

E duas coisas MUITO bacanas, uma é que o acesso é inteiramente gratuito, e a outra é que você poderá jogar em alguns dos videogames!! Além disso haverá concurso de Just Dance, e Cosplay, e em ambos os casos você poderá inscrever-se na Ibyte do Shopping RioMar, e se quiser maiores informações, ligue no 4020-5000.

 

museu do videogame