Transforme sua sala de TV em um cinema com a iByte!

Uma sala de TV que é um verdadeiro cinema podia ser um sonho ambicioso e luxuoso há alguns anos, mas hoje em dia existem equipamentos no mercado que permitem a qualidade de som, imagem e conteúdo de cinema na sala de TV de forma mais acessível.

Você já pensou em ter um cinema para chamar de seu? Nada mais relaxante do que a ideia de assistir um filme enterrado nas cobertas em um dia de chuva, acompanhado de uma boa pipoca ou até mesmo de um brigadeiro de panela e tudo isso sem sair de casa, não é mesmo?

Então, se quer transformar sua sala de TV e fazer com que suas sessões de filmes em casa não sejam mais as mesmas, continue a leitura e veja as dicas que a ibyte tem. Vamos te ajudar a construir a sala de cinema capaz de agradecer até os cinéfilos mais dedicados.

Antes de tudo: planeje bem o espaço

Pense com a gente: o que caracteriza uma sala de cinema? Tela grande, ambiente escuro, som potente e lugares confortáveis, certo?

Para garantir todos esses atributos na sua sala de cinema caseira é preciso, antes de escolher os aparelhos, planejar da melhor forma o espaço que irá receber suas sessões de filmes.

O espaço ideal para cada tela

Uma tela gigante em um espaço pequeno não é o ideal para o cinema em casa, da mesma forma que uma TV de tela modesta num grande espaço também não causará a sensação de cinema que estamos procurando.

Por isso, o primeiro atributo que você deve se atentar ao planejar a sua sala de TV é o tamanho da sua tela e, consequentemente, o tamanho do seu espaço. Isso quer dizer que não necessariamente você precise de um grande espaço para criar o seu cinema: salas pequenas também podem se tornar cinemas esplendorosos, com os móveis e telas apropriados.

O que precisa ser levado em consideração aqui é a distância necessária para visualizar toda a imagem do televisor de forma confortável. E a dica de ouro é: considere 50cm de distância para 10 polegadas do televisor.

Exemplificando: caso a sua TV tenha uma tela de 41 polegadas, a conta feita será 50cm x 4,1 — resultando em 2,10 metros de distância que serão necessários para visualizar bem a imagem da sua tela.

Então meça bem a sua sala e faça a distribuição dos móveis da melhor maneira para garantir o conforto que seu cinema precisa. E se você não quer se perder em cálculos, separamos aqui as principais medidas de telas que você pode encontrar e a distância necessária para cada um deles:

  • Tela de 32 polegadas — cerca de 1,60m de distância até o sofá;
  • Tela de 42 polegadas — cerca de 2,10m de distância até o sofá;
  • Tela de 50 polegadas — cerca de 2,50m de distância até o sofá;
  • Tela de 65 polegadas — cerca de 3,25m de distância até o sofá;
  • Tela de 75 polegadas — cerca de 3,75m de distância até o sofá.

Iluminação de cinema

Sem aquele escurinho de cinema a sua sala não poderá ser considerada um verdadeiro cinema, não é mesmo? Por isso é essencial também garantir a iluminação que vai ajudar a construir a atmosfera que queremos para a exibição dos filmes preferidos.

Ainda mais se o seu plano é usar o cinema durante o dia: nesse caso será indispensável um espaço que receba pouca luz natural ou com cortinas e janelas poderosas que vão barrar a entrada de luz. Cortinas do tipo blackout ou até mesmo outras de tecido mais grosso e escuro conseguem dar conta do recado.

Mas e aquela luz baixa característica dos cinemas no início ou no fim das sessões? Você pode recriá-la em sua casa também! Uma boa solução é instalar os interruptores de luz de tipo dimmers: aqueles que possibilitam controlar o nível de luminosidade do mais baixo até o mais intenso.

Outra opção também é utilizar LEDs em detalhes do teto ou das paredes, de forma que ofereçam uma iluminação indireta para o ambiente. Ah, e fuja das lâmpadas de luz branca, ok? As luzes amareladas é que vão criar o clima de conforto e aconchego dignas de cinema.

Isolamento sonoro também é importante!

Considerando que seu cinema em casa vai ter um som bastante potente, é preciso dar atenção para o isolamento sonoro do seu espaço. Isso porque você irá querer evitar problemas e desconfortos para a vizinhança e até mesmo para as outras pessoas que estarão em casa.

Portanto, analise a capacidade do seu espaço de isolar os sons ali dentro. Apenas fechar as portas, janelas e cortinas já basta? Se não, é possível investir em mobílias que aumentam o isolamento sonoro do espaço.

A madeira é uma excelente opção: o material é um isolamento sonoro natural e poderoso, que pode ser utilizado nos móveis ou nas paredes do espaço. Para um revestimento ainda mais potente e apropriado, é possível investir também em materiais como espumas de isolamento acústico ou outros materiais estofados.

Os equipamentos certos para transformar a sala de TV em um cinema

Agora que já planejou o espaço corretamente, está na hora de escolher os equipamentos potentes que vão te proporcionar a experiência que procura. E vamos além de apenas uma tela grande: o som de qualidade, as imagens de alta resolução e o conteúdo de cinema completam o arranjo.

Para ter imagens de cinema

Provavelmente o fator principal do seu cinema em casa é o tamanho da tela e a qualidade das imagens projetadas.

Como já falamos acima, é importante se atentar à dimensão ideal da tela em relação ao tamanho do espaço e a distância da tela e do sofá. Mas além disso, é preciso também checar se a TV possui imagens de alta definição, que mostrarão as imagens com todos os detalhes em boa qualidade.

Hoje em dia a maioria dos modelos de televisores contam com tecnologia Full HD, mas não custa checar. E além do Full HD, são diversos os recursos presentes nos aparelhos atualmente: imagens 3D ou 4K são um bom exemplo.

Entendendo as diferenças entre as telas de TVs

Encontramos também diferentes tipos de telas: LED, plasma e OLED. Você sabe diferenciá-las?

A diferença principal está na forma com que os televisores vão emitir luz e produzir as cores que formam as imagens transmitidas pela tela da TV, entenda:

  • Telas de LED: são telas de plasma com iluminação traseira produzida por um painel de luzes de LED. Sua luz é poderosa, o que torna essas TVs perfeitas para os ambientes mais claros e usados durante o dia;
  • Telas de plasma: a tecnologia das telas de plasma são mais antigas, mas apresentam um contraste maior, proporcionando imagens com excelente fidelidade de cores, que tornam até as cenas de ação com muito movimento mais nítidas. São ideiais para os games e não recomendadas para ambientes claros: a tecnologia precisa de ambientes escuros para ser bem aproveitada;
  • Telas de OLED: uma combinação de tecnologias que são superiores às outras duas. As telas de OLED não possuem iluminação traseira para a exibição de suas imagens: cada pixel se acende de forma idependente, trazendo grande qualidade para as imagens além de proporcionar maior economia de energia. Além de serem encontradas em modelos extra finos e até mesmo modelos com a tela curva. Por esses motivos, as TVs com tela OLED são perfeitas para o cinema em casa.

Usando projetores para criar a tela de cinema

Outra opção, para além dos televisores, é ter uma sala com projetor e home theater capaz de criar o seu cinema em casa.

Você pode utilizar de telas brancas para a projeção ou até mesmo projetá-las direto na parede. Os projetores vão exigir um trabalho maior para sua instalação e, também, vão exigir um espaço maior: o ideal é que a distância do projetor e da parede seja de cerca de 3 metros, no mínimo. Mas a imagem é compensada, já que com os projetores é possível criar telas de mais de 100 polegadas!

Entretanto, existe uma desvantagem: os projetores precisam necessariamente de um ambiente escuro para o seu uso. Ambientes claros não combinam com eles.

Para ter o sistema de som de cinema

E a experiência do cinema não estaria completa sem, também, sons potentes que nos cercam e dão a sensação de estarmos dentro do filme que estamos assistindo.

E para isso existem os aparelhos de home theater: seu nome pode ser traduzido literalmente para “cinema caseiro” em português. Seu uso oferece uma experiência única para os filmes que assistimos: com eles, os sons vão inundar a sala!

Para isso, os aparelhos são compostos por diferentes caixas de som, que comprem diferentes papeis. A configuração mais comum é a de home theaters 5.1 — que possuem 5 caixas acústicas e 1 subwoofer —, mas existem também configurações como as 2.1, 7.1 e 7.2.

Nos modelos mais comuns encontramos a caixa central, as caixas frontais, as caixas surrounds ou traseiras e o subwoofer. Este último é o equipamento que reproduz os sons mais graves, e pode ser instalado tanto na parte frontal quanto na parte traseira do espaço.

Por existirem diferentes tipos de aparelhos home theater, com diferentes caixas de som, é preciso analisar as opções e adquirir a que mais combina com seu espaço e com os sons que queira reproduzir.

Para ter os conteúdos de cinema

Por fim, é preciso ter em mãos os aparelhos que vão te permitir reproduzir os filmes e outros conteúdos na sua estrutura de cinema.

Desde o bom e velho reprodutor de DVD ou os aparelhos de Blu-ray, reprodutores de discos, até as Smart TVs que possuem acesso à internet e serviços de streaming, como a Netflix, Amazon Prime Video, Looke, Globo Play, HBO GO e tantos outros.

Não são apenas as Smart TVs que oferecem acesso às plataformas de streaming: as TVs mais antigas podem ser complementadas com consoles de video games, como o PlayStation ou o Xbox, e até mesmo o Chromecast — equipamento da Google, semelhante à um pen drive, que quando conectado à TV praticamente a transforma em uma Smart TV.

É possível também ter o seu computador ou notebook conectado ao sistema de cinema, e a partir dele acessar as plataformas de streaming para curtir os filmes no conforto da sua sala.

Seguindo essas dicas é possível realizar o sonho da sala de TV que é um verdadeiro cinema! Gostou do post? Se tiver alguma dúvida ou algo a acrescentar, ficaremos felizes em receber um comentário seu aqui no final da publicação.

E agora que já está pronto para ter sua sala de cinema dentro de casa, confere outro post que vai te ajudar a tirar o melhor que sua Smart TV tem para oferecer: nossas dicas de apps e acessórios para aproveitar sua Smart TV.

Para mais dicas como essa, fique com a gente aqui no Descomplik. Um blog feito para quem curte informática e tecnologia e quer ficar por dentro das novidades, receber dicas e outros conteúdos dessa área.

Esperamos te ver aqui em outro post, até lá!

Tags: No tags

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *