Como um Integrador de Energia Solar pode atrair mais clientes?

Quando pensamos em prospectar novos clientes para empresas de energia solar, imaginamos reuniões e apresentações de orçamento. Certo? Esse pensamento não está errado, esses processos também são necessários e devem ser realizados com eficiência e qualidade.

Porém, existem outros métodos relevantes para potencializar o alcance da sua marca e prospectar clientes de uma forma muito mais otimizada. E é sobre ela que discutiremos hoje. O que fazer para que o cliente chegue até nós? Esse é o grande desafio para empresas desse ramo.

Assim como qualquer outro serviço ou produto, energia solar também precisa de um trabalho de marketing profundo, aliado a uma intensa gestão comercial para levar a sua marca até as buscas do cliente. Mas como fazer isso?

A Ibyte preparou um conteúdo super instrutivo para te ajudar a desenvolver um plano de marketing e gestão para prospecção de novos clientes! Reunimos aqui dicas de estratégias que muitas empresas de energia solar estão adotando no intuito de impulsionar suas vendas. Para ficar por dentro das dicas basta continuar a leitura.

8 Dicas de gestão comercial e marketing para empresas de energia solar

Tendo definido que os aspectos que julgamos mais relevantes para um bom planejamento de marketing – uma vez que não é possível ser uma empresa de destaque sem aderir a projetos de divulgação – reunimos 8 dicas de estratégias indispensáveis para que você alcance o público que deseja. Confira:

1. Esteja disponível e seja encontrável

Quando discutimos estratégias de marketing, falamos também da importância de investir em meios de deixar a sua empresa evidente. Contudo, para além do marketing propriamente dito, é preciso estar disponível e encontrável da maneira mais fácil possível.

Por isso, invista na identidade e na presença da marca em redes sociais, em um cadastro de endereço no Google, e deixe nas redes contatos para clientes que estiverem interessados em saber mais sobre o seu produto.

2. Faça pesquisas de mercado

Antes de estabelecer as ações que você deverá tomar em sua empresa de energia solar, é necessário configurar um bom plano de gestão. Contudo, não há como estruturar esse plano sem fazer pesquisas de mercado.

As pesquisas ajudam a definir quais atitudes o gestor deverá tomar, tendo por base as tendências que os usuários possuem, ao definir quais questões o plano de ação deverá contemplar.

3. Invista em treinamentos para o setor comercial

Um funcionário que atua na parte comercial precisa estar em constante atualização, uma vez que deve conhecer tudo sobre o produto que está vendendo, bem como aliar a venda, ações que o fazem ser vendido mais facilmente.

Por isso, é importante investir em atualizações dos funcionários! Proporcione momentos reais e instrutivos para que ele se aprofunde cada vez mais, e com isso esteja igualmente mais preparado.

4. Posicione sua marca e conquiste um diferencial competitivo

Você já ouviu falar em branding? Pois é, esse termo próprio do universo marqueteiro contempla conceitos muito importantes para possuir um diferencial competitivo em uma marca.

Para melhor compreensão, a palavra branding diz respeito a uma ferramenta usada para gerar aspectos e conceitos positivos sobre uma marca. Envolve uma série de elementos mais estruturais, como padrão de cores, linguagem em concordância com as características da empresa, ou seja, uma identidade visual completa.

No entanto, as empresas de energia solar têm definido, para além de aspectos estéticos, parâmetros culturais que integram a organização. Assim, o DNA – características que constituem algo ou alguém – precisa estar estampado no branding da empresa, que por sua vez irá passar mais claramente os valores e a essência da instituição.

5. Otimize seu site investindo em conteúdos relevantes

Atualmente, com tantas transações acontecendo online, possuir um site para uma marca que vende a realidade de energia solar em casa é um passo muito importante para se fazer disponível e ser encontrado pelos clientes. E nesse ponto, muitas vezes as organizações pecam investindo em layouts muito arrojados e modernos mas que o cliente não encontra nos mecanismos de busca.

Se o seu e-commerce sofre desse problema, esse é o momento de investir em estratégias de SEO (Search Engine Optimization), ou seja, otimização de motores de busca para alavancar o seu negócio. O SEO se encarrega de uma série de estratégias especializadas e baseadas nos aspectos de ranqueamento do Google para otimização de sites, blogs e páginas na web.

Essas estratégias, quando executadas por especialistas em SEO, levam a um ranqueamento entre os primeiros resultados de busca no Google. O que é extremamente relevante, tendo em vista que grande parte dos usuários na internet tende a confiar mais nos resultados orgânicos –aqueles que não são pagos, sabe?– que aparecem logo após os anúncios.

6. Construa um site responsivo de alta performance

Compreendendo o ranqueamento do Google como uma das melhores formas de chegar até os clientes, existem alguns pontos indispensáveis para se atentar durante o desenvolvimento de um e-commerce. Na hora de colocar o seu site no ar, é preciso conferir se ele atende aos seguintes pré-requisitos:

  • desempenho responsivo

Um site responsivo é aquele que se adapta e apresenta um bom desempenho mesmo sendo acessado em diferentes tipos de aparelho, e tamanhos de tela, a fim de otimizar a experiência do usuário. Isso é extremamente importante quando leva em consideração que a maioria da população nacional navega na internet através de aparelhos celulares.

  • agilidade de navegação

Vivemos na era da informação rápida, e por isso, os usuários não têm mais a mesma paciência para aguardar um longo carregamento de páginas. Por isso, é indispensável otimizar o site nesse sentido. Disponibilizando mídias que tenham um carregamento ágil sem perder a qualidade.

  • design intuitivo

A aparência estética de um site é muito importante. Mas além da aparência, é preciso pensar na usabilidade do mesmo. Portanto, garanta que a página da sua marca é atrativa, e ao mesmo tempo intuitiva para o uso –simples de usar–. Para que todos ou a grande maioria das pessoas consiga navegar sem dificuldades dentro do site.

7. Invista em estratégias de Inbound e Outbound

O Inbound e o Outbound são duas maneiras muito relevantes, e pautadas no marketing, para atrair clientes. O Inbound reúne estratégias por meio do site, contemplando conteúdos fortes em estratégias SEO (blog, conteúdo de categorias, FAQ, dentre outros), um branding bem pensado (conceitos estéticos e verbais que definem a identidade visual de uma marca) e investimento em redes sociais.

E do outro lado o Outbound agrupa estratégias fora do site. Se referindo a toda e qualquer estratégia que é feita fora da sua página na internet. Envolve ligações, mensagens de whatsapp ou qualquer meio de promoção direta com o cliente informando, por exemplo, os benefícios de .

8. Invista em anúncios pagos

Anúncios pagos são – inegavelmente – uma forma de te colocar em evidência nos resultados de buscas dos clientes, uma vez que, ao digitar o nome da sua empresa ou o serviço prestado, o usuário o encontrará imediatamente entre os primeiros resultados.

Lembre-se: é importante unir esforços de tráfego pago e tráfego orgânico! Ao procurar pelo serviço que você oferece, se sua empresa tiver um investimento real em SEO, o cliente irá ver o montante de conteúdos sobre o assunto que ele deseja, oportunizados pelo seu blog e site, e se sentirá muito mais confiante em efetivar a contratação.

Conseguiu compreender a importância de ter como aliado a sua marca boas ações em marketing digital e de conteúdo? Assim, fica mais fácil de conseguir que sua empresa de energia solar atraia mais clientes!

Gostou do nosso conteúdo? A Ibyte tem publicado diversos posts abordando pautas relevantes dentro do tema energia solar. Complemente a leitura conferindo nosso post que explica como apresentar um orçamento de energia solar para o cliente!

Aumente o seu Leque de Atuação com o Mercado Digital

Já não é mais nenhum mistério que a tecnologia faz – cada vez mais – parte de nossas vidas, seja nas áreas sociais, de lazer, trabalho e até da educação. É inclusive, mais comum do que pensamos encontrar mercados digitais, como lojas físicas fazendo uso de diversos tipos de negócios digitais no cardápio, nos pedidos e até mesmo nas entregas.

Você sabe, realmente, o que realmente é mercado digital? Quais são as características que se enquadram como tal e por que investir nele? Se o seu interesse é saber mais sobre esse universo, hoje é seu dia de sorte. Pois, elaboramos um conteúdo completo sobre o assunto. Confira!

Afinal, o que é o mercado digital?

Para entender o que é mercado digital, vamos primeiro definir o que é mercado. É considerado como mercado todo o lugar em que usuários e clientes podem comprar, vender ou trocar itens. Dessa forma, o mercado digital é um processo online de compra e venda. Ou seja, tudo o que é comprado, vendido ou trocado na internet.

Por que investir no mercado digital?

Muito além do que apenas entender o que é mercado digital, é importante entender como ser um empreendedor na atualidade. A maioria dos clientes já não buscam diretamente em lojas físicas, eles costumam primeiro estudar as opções online, podendo comprar sem sair de casa.

Sendo assim, expandir o seu mercado para o digital é uma ótima forma de buscar novas oportunidades de venda e auxiliar em seu crescimento. Lembre-se: tanto o presente quanto o futuro estão cada vez mais tecnológicos, e ninguém quer ser largado para trás, não é mesmo?

Como trabalhar no mercado digital?

Ao compreender melhor sobre o que é e porque investir, chegou a hora de conhecer as formas de se trabalhar com o mercado digital. Para isso, trouxemos abaixo os tópicos mais importantes para serem observados, estudados e colocados em prática se o desejado é ter um negócio de sucesso.

Ficou curioso? Então, embarque conosco neste conteúdo e veja quais são os passos importantes que devem ser seguidos na hora de alavancar o seu negócio no online:

Faça um planejamento

Antes de qualquer ação, é crucial fazer uma pesquisa e planejamento. Entender onde o seu cliente está, como ele se comporta na internet e o que ele quer ser oferecido é o primeiro passo.

Defina um público-alvo específico e estude para encontrar seus rastros de comportamento online: eles são do tipo que pesquisam antes de comprar ou são daqueles que compram o primeiro que produto que vêm? Eles são mais interativos ou mais na deles? Entender como o seu cliente se comporta é a chave para conseguir oferecer um mercado voltado à ele e, consequentemente, aumentar suas vendas.

Entenda os três principais pilares: o que, como e onde vender. Afinal, ter uma estratégia digital é essencial para conseguir acertar em cheio o seu cliente em foco.

Escolha uma plataforma

Depois que o estudo foi feito, é hora escolher um local online para colocar a sua empresa. Entretanto, antes de fechar com uma determinada plataforma, lembre-se de considerar a sua persona. É a partir dela que o lucro virá, portanto deve estar de acordo com as expectativas dos clientes.

Por exemplo, pessoas um pouco mais velhas – 40 a 60 anos – são mais acostumadas com marketplaces. Os que estão na média dos 30 anos costumam confiar em sites específicos de lojas. Enquanto isso, os mais novos são muito mais adeptos ao fácil, rápido e barato.

É importante estudar as políticas de cada site ou plataforma que você for escolher para trabalhar. É necessário analisar qual das especificações e auxílios são mais compatíveis ao seu momento atual. Compare duas, três ou quatro possibilidades e veja qual é a melhor para o seu segmento.

Divulgue sua loja virtual

Agora, não basta estar na internet se os seus clientes em potencial não sabem disso. Desse modo, a divulgação é essencial! A melhor forma para fazer isso acontecer é por meio de uma rede social, especialmente quando usada para anúncios pagos. Afinal – a curto prazo –, é uma maneira sólida de captar a atenção de possíveis consumidores.

Entender qual a importância das redes sociais para o seu negócio é a chave para conseguir traçar uma estratégia, pensar em publicações e muito mais.

Qual a melhor rede social para o seu negócio?

Quando falamos de prestação de serviços de empresas para empresas, por exemplo, o ideal é direcionar a sua estratégia para o Linkedin. Caso você trabalhe com produtos de beleza e lazer, especialmente para pessoas entre 18 a 25 anos, o Instagram é o ambiente mais indicado. Por isso, estude os concorrentes que estão tendo bons resultados e tente entender a rotina dos compradores.

Ofereça um bom atendimento

Mesmo sendo uma loja virtual, é preciso estar sempre atento em como deixar o cliente satisfeito. Porque, muitas vezes, eles vão querer entrar em contato contigo, tirar dúvidas e até mesmo fazer certas reclamações. É aí, que há a necessidade de possuir um canal de atendimento claro e objetivo para cativar o seu usuário.

Além disso, pense na navegabilidade de sua loja virtual, tente se colocar no lugar do consumidor. Assim, analise se o site está com uma boa navegação e acessibilidade. Existem casos em que a página não finaliza o carrinho de compras, o que é sinônimo de perda.

O que mais se vende no mercado digital?

Caso você esteja pensando em criar um negócio dentro do mercado digital e ainda não decidiu em que área focar, trouxemos aqui os 5 produtos que mais estão vendendo online na atualidade:

  1. Alimentação;
  2. Mudança de estilo de vida;
  3. Pets;
  4. Negócios;
  5. Carreira.

No ramo alimentício, o que mais vem rendendo não é a comida em si, mas sim maneiras e produtos para prepará-la, já que as pessoas estão pesquisando na internet receitas e formas de cozinhar. Além disso, estamos em um momento de estilo de vida, ou seja, temos uma alta procura sobre formas de ter uma vida mais saudável.

O ramo de bichinhos de estimação também é muito rentável, porque todos querem cuidar bem de seus pets. Por fim, os cursos e produtos focados em negócios e direcionamento de carreira são um sucesso devido às pessoas que procuram melhorar e aprimorar seu negócio ou portfólio.

É claro que, se o seu ramo de desejo não está na lista, isso não é motivo para desistir! Quando feito uma boa estratégia, todo mercado pode vender bem!

E então, deu para entender o que é mercado digital? Esperamos ter ajudado você com esse momento de mudanças digital. Aproveite para compartilhar esse post com seus amigos empreendedores, ou então confira como se preparar para datas sazonais! Até a próxima!

O que é sazonalidade de vendas? Descomplique com a Ibyte!

A ideia de sazonalidade nas vendas é basicamente quando a demanda cresce ou diminui de acordo com fatores externos. Por um lado, tais acontecimentos são a chance que muitos esperam para solidificar seu negócio e aumentar as vendas. Mas atenção: a sazonalidade negativa também deve ser observada a fim de minimizar – e até neutralizar – seus impactos.

Quer saber como fazer isso? Então, continue acompanhando tudo que a Ibyte preparou para você aproveitar a sazonalidade de vendas em seu negócio. Lembrando que, tanto as grandes empresas quanto aquelas que estão começando agora, devem ficar de olho nesse fator de mercado, confira!

O que é a sazonalidade nas vendas?

Como o próprio termo já explicita, sazonalidade de vendas é quando há uma variação fora do comum em uma determinada época do ano. Não é apenas a diferença entre um dia mais agitado e talvez as datas mais próximas do fim do mês, mas uma diferença gritante na margem de buscas e pedidos.

Tudo isso pode contribuir de forma positiva ou negativa para um negócio. Se uma indústria de roupas deixa para reabastecer seu estoque de tecido amarelo muito perto da copa do mundo, pode ser bem mais difícil encontrar um fornecedor disponível. Já os supermercados, quando vêem grandes datas comemorativas se aproximando, precisam contratar funcionários temporários.

Tudo isso reflete na retenção de clientes em potencial e na formação de laços com os já conquistados. Um bom planejamento aliado a atitudes no tempo é a chave para se obter os melhores resultados com a sazonalidade das vendas!

Como lidar com a sazonalidade nas vendas?

Como já dissemos anteriormente, a sazonalidade é uma ótima oportunidade para dar aquele “up” nas vendas e retirar a empresa de qualquer tipo de estagnação. Seus efeitos negativos também devem ser acompanhados para não haver surpresas. Confira as dicas que preparamos na sequência e otimize sua estratégia:

1 – Saiba qual é a sazonalidade do seu negócio

O primeiro passo para se preparar para a sazonalidade é descobrir quando ela acontece e por qual motivo. Realize uma análise cuidadosa dos últimos 12 meses, observando fatores como receita, tráfego e procura para entender quais meses mais aumentaram ou diminuíram. Em seguida, veja o que aconteceu de diferente nos meses com maior diferença.

Caso sua empresa seja recente, ainda é possível analisar a concorrência para se ter uma visão do mercado. As ferramentas de análise podem ser grandes aliadas nesse momento, ainda mais para os e-commerces. Com todas essas informações em mãos você já poderá se preparar para as datas comerciais com mais assertividade.

2 – Avalie se sua estrutura atual é suficiente

Lembre-se de que as vendas em períodos de sazonalidade positivos tendem a aumentar de forma diferenciada. Dessa forma, é preciso estar atento para não deixar nenhum cliente sem o produto. A gestão do quadro de funcionários é mais um fator essencial nesse momento.

Aqui, não estamos falando apenas daqueles ligados aos processos de venda e logística, mas também aos gestores e supervisores que devem garantir a eficiência da operação. Uma gestão cuidadosa é ainda mais importante quando a demanda aumenta de forma considerável, o que impacta todos os outros setores.

Mais um ponto que deve ser observado é a projeção correta dessa sazonalidade. Caso o planejamento não seja feito com base em dados verídicos, pode haver um aumento descomunal no estoque que não é nem um pouco interessante. Resultado? Investimento sem retorno.

3 – Utilize o marketing a seu favor

As promoções são ideais para captar novos clientes e se aproximar dos antigos, como a promoção nos dias das mães. Mas de nada adianta se não for bem divulgada nos canais certos e com antecedência. Podemos citar as redes sociais como os melhores espaços para essa divulgação nos últimos anos. Eis algumas dicas para obter ótimos resultados nesses espaços:

  • Defina seu público;
  • Saiba em qual rede ele se encontra;
  • Tenha uma linguagem adequada com a estratégia;
  • Cumpra o que está prometendo.

Esse último ponto deve ser bem observado na aplicação da estratégia nas redes sociais. Não estamos falando apenas de cumprir o prometido, mas mostrar que cumpriu. Assim você garante a integridade do seu negócio em um espaço tão importante e não abre margem para más interpretações!

Como diminuir a sazonalidade negativa?

Agora vamos falar sobre o aspecto menos interessante da sazonalidade, mas que também deve estar no seu radar: a sazonalidade negativa. Esse é um período em que as vendas estão em baixa e a procura por seu produto é a menor em todo ano. Um bom exemplo dessa sazonalidade pode ser visto em lojas de roupa para eventos formais.

Os meses que sucedem Janeiro são os que registram menor quantidade de casamento, por exemplo. Ainda assim, a quantidade de formaturas está em alta durante o período. Mas o que fazer quando meio do ano chega e a sazonalidade negativa bate à porta? O primeiro passo é aproveitar os períodos de alta com boas estratégias.

No exemplo que estamos utilizando, uma estratégia para cativar o cliente fará com que ele se lembre da loja quando surgir algum evento em sua agenda. Promoções e concursos também são ótimas ações para fortalecer as vendas em queda. Alguns negócios podem optar ainda pela criação de planos anuais para minimizar os impactos da sazonalidade.

Com a criação de um plano eficiente e com prazo hábil é possível aproveitar o aumento nas buscas e não sofrer com a queda. A tecnologia deve estar presente em seus planos, visto que ela oferece vantagens únicas e que podem te posicionar à frente da concorrência. Confira nosso post sobre softwares de inteligência artificial para entender melhor.

Te vejo lá em!

Comprar no Atacado para Revender: As Vantagens do Online!

Se você está pensando em começar um negócio e ainda não sabe qual a melhor forma de montar o seu estoque, esse post é perfeito para você! Existem vários pontos que devemos saber sobre como ser um empreendedor e a estratégia na hora da compra de seus estoques é uma delas.

Por isso, vamos falar um pouco sobre as vantagens de comprar no atacado para revender e o motivo de apostar nessa nova forma de seguir com as compras da sua corporação. Continue conosco e confira!

Comprar no atacado para revender: como fazer isso online?

Com a modernização do mercado, as tecnologias empresariais vem ganhando força e espaço, e comprar no atacado online para revender venha se tornando uma estratégia muito utilizada por diversos vendedores. Mas ainda surgem muitos questionamentos e dúvidas sobre o assunto, tanto que ainda é comum alguns vendedores fazerem seus estoques com varejistas ao invés de atacadistas.

Pensando nisso, fizemos esse texto focado em, primeiramente, te ajudar a entender as vantagens de comprar em atacado para revender, e só depois focar nas vantagens do online. Vamos começar?

Afinal, qual é a principal diferença do atacado para o varejo?

A diferença principal se refere ao estilo de venda. O atacado vende em grandes quantidades e trabalha com estoques grandes e consegue se aproximar do preço de fábrica. Já o varejo é focado no consumidor final, isto é, trabalha com estoques menores, para que as pessoas comprem apenas a quantidade que irão consumir e usar.

Vale a pena comprar no atacado para revender?

Sim, muito! As lojas atacadistas são focadas em varejistas e empresas, porque trabalham com grandes compras. Esse é apenas um dos motivos que levam a promoção de preços mais baixos. Exemplos: se uma empresa precisa comprar 100 computadores para seus funcionários, vale muito mais a pena comprar próximo ao preço de fábrica, em lojas atacadistas.

Junto a isso, é válido lembrar que as novas tecnologias para empresas ganham cada vez mais força, o que influencia nas possibilidades de estoque online, comprados em sites atacadistas.

Normalmente, essas opções facilitam a locomoção e a busca por fornecedores confiáveis, já que não há a necessidade de se restringir a empresas em suas redondezas. Dessa forma, vamos mergulhar fundo em todos os benefícios de comprar produtos no atacado para revender? Acompanhe:

1 – Preço por Quantidade

Como já mencionamos anteriormente, os preços em lojas atacadistas costumam ser muito mais próximos aos de fábrica, porque são comprados e vendidos em grandes quantidades. Vale lembrar que muitas empresas atacadistas fazem promoções por quantidade, como ofertas condicionais, como: ao comprar acima de X peças, o preço da unidade cai Y%.

2 – Diferentes produtos e qualidades

Os varejistas precisam estar de olho nas tendências de mercado e no que seu público-alvo quer comprar – e o quanto podem pagar pela compra. Dessa maneira, ter acesso à produtos de diferentes qualidades é muito importante. Se o seu público está em busca dos preços mais baixos, você precisa de produtos mais simples e baratos e não aqueles com qualidade premium.

3 – Fornecimento consistente

Um loja nunca pode ficar sem estoque e, assim, ter um fornecedor de confiança é muito importante. Quando estiver se preparando para datas comerciais e sazonais, ou simplesmente focando em momentos de pico de venda, você precisa ter a certeza que seu fornecedor vai ter estoque para vender.

Por isso, comprar com atacadistas é sempre uma segurança, visto que eles sempre trabalham com grandes estoques. Já quando seu fornecedor é um varejista trabalha com estoques menores.

Qual a margem de lucro para venda no varejo?

No varejo, segundo o SEBRAE, o lucro mínimo em cima dos produtos deve ser de 4%. Agora pense: se o atacado apresenta um preço mais baixo, quando compramos neste setor o nosso lucro será maior se comparado a aquisição no varejo. Então, já pegue a calculadora e faça as contas de qual estratégia funcionará para o seu comércio.

Como comprar por atacado na internet?

Tendo todas as informações bases de vantagens e recomendações, trouxemos pontos que irão te auxiliar na hora de pensar em comprar por atacado na internet. Abaixo você confere o que precisa fazer e quais são os cuidados necessários. Veja:

Compre quantidades seguras

Estoques são importantes, sem dúvidas, mas quando estamos falando em varejo é importante ter um meio termo. Quando for comprar produtos no atacado para revender, compre uma quantidade segura. Tome como base o que você normalmente vende e calcule uma margem de erro na quantidade.

Lembre-se que, nesse caso, é melhor faltar do que sobrar, porque quando falta você pode reabastecer, mas quando sobra, você corre risco de perder dinheiro e as vendas não cobrirem os gastos.

Tenha um CNPJ

A melhor forma de comprar produtos no atacado para revender é tendo um CNPJ, especialmente porque a maioria dos atacadistas não aceitam compras no CPF. Sem contar que, assim, é mais fácil de fazer as prestações de contas do Estado com o CNPJ, já que você está comprando para a revenda.

Faça cadastro no sistema das lojas virtuais

Essa é uma boa ideia para quem quer trabalhar com varejo ou empresas que precisam de grandes quantidades de insumos. Afinal, é bacana ter um cadastro nos sites de atacado que você mais confia e gosta, porque assim é possível ter acesso à promoções, programas de cashback e novidades que podem ser ótimas para sua empresa.

Além disso, esses cadastros ajudam a ter uma confiança mútua entre fornecedor e comprador. Lembre-se que esses cadastros são seguros, já que atualmente os sites são obrigados à seguirem os princípios da segurança da informação no digital.

Encontre a melhor forma de pagamento

Por fim, é sempre bom estudar as formas de pagamento quando for comprar produtos no atacado para revender. Dependendo da opção escolhida, você pode acabar pagando mais caro com taxas e as vantagens quase se anulam.

Tente sempre optar pelo PIX, viu? Desde que ele foi criado, as compras e vendas se tornaram muito mais vantajosas para ambos os lados, visto ser uma forma de pagamento com pouquíssimas taxas e cobranças – até mesmo nulas – e isso ajuda muito a maioria dos empresários.

Qual é a melhor forma de escolher um fornecedor online?

Alguns fatores precisam ser observados antes de escolher um fornecedor para sua loja ou empresa. Em primeiro lugar, busque sempre feedbacks de outras empresas que compraram com eles. Dessa forma você conquista uma boa base de confiança na entrega e qualidade dos produtos.

Além disso, fique de olho nos preços! Compare os diferentes sites antes de optar por uma corporação. Também tenha em vista a localização ou o frete (se for online), já que isso influencia diretamente na logística empresarial. Por fim, tente optar pelas alternativas que oferecem pós-venda e garantem auxílio quando necessário. Com isso, então, tenha em seu radar:

  1. Qualidade dos produtos;
  2. Confiança;
  3. Frete/localização;
  4. E preços.

Esperamos que esse conteúdo tenha te ajudado a entender melhor as vantagens de comprar no atacado para revender, especialmente quando feito online. Compartilhe esse post com seus amigos empreendedores e até a próxima!

Vantagens de Comprar Online em sua Empresa: confira!

As facilidades da compra online conquistaram não só os conectados de plantão, mas toda uma rede de mercado que entendeu as vantagens dessa ação para sua empresa. A cada dia que passa, mais gestores de grandes corporações e até mesmo comércios locais optam pela aquisição virtual do que precisam para suas operações.

Eles perceberam que uma estratégia digital eficiente só pode ser alcançada quando utilizamos todo o potencial da tecnologia a nosso favor! Quer entender mais sobre o assunto e saber porque a compra online pode ser a chave para o crescimento do seu negócio? Então, acompanhe a leitura e confira tudo que preparamos para você dominar o assunto.

Vantagens de comprar online para uso/consumo da sua empresa

Quando a internet dava seus primeiros passos, entre 2000 e 2010, você com certeza ouviu diversas pessoas criticando a rede e afirmando que nada poderia substituir os processos no mundo real. Atualmente, vemos uma média de crescimento anual do e-commerce disparando bem acima do previsto.

Para você ter uma ideia, só em 2021 esse aumento foi de quase 27%. Fatores como pandemia e busca por preços que realmente cabem no orçamento fizeram muitos repensar seu conceito de compra, e as empresas – sem dúvidas – estão nesse meio.

Agora que muitos já descobriram as vantagens da compra online, é difícil que esse público volte a “bater perna” em busca de algum artigo. Por isso, além de entender o que nossos clientes desejam aproveitar na compra online, nós também devemos aproveitar essas facilidades em nossas aquisições comerciais. Veja quais são na sequência:

1- Comodidade e eficiência

Quem nunca precisou adquirir acessórios e equipamentos de forma rápida e teve que perder tempo procurando em diferentes lojas? Comprar online te dá acesso a uma gama variada de opções em poucos segundos, sem contar o fato de que você pode fazer isso de qualquer lugar.

Como os sistemas funcionam de forma programada, é possível realizar a aquisição em absolutamente qualquer horário. Nada de ter que esperar o horário comercial para cotar seus preços. Lembre-se de verificar se o seu e-commerce está em pleno funcionamento 24 horas e com as mesmas facilidades e não fique para trás, viu?

2- Custo-Benefício

Isso mesmo, a economia de recursos e mão de obra dentro da logística empresarial permite aos vendedores cobrarem um preço menor em seus produtos, o que deixa tudo mais atraente. Quem está começando um negócio e tem pouco capital para investir, com certeza vai gostar dessa vantagem.

Inclusive, temos um conteúdo completo sobre os processos logísticos que vale a pena conferir. Nele você encontra conceitos sobre o assunto, exemplos e soluções que facilitam os ajustes na parte de mercadoria e distribuição.

3- Privacidade durante toda a compra

Seja na aquisição de produtos em sex shop até os cofres para uso empresarial, ninguém precisa saber o que você está adquirindo. E a internet possibilita toda essa privacidade. Algumas empresas ainda tomam cuidado redobrado no momento da entrega para garantir que sua aquisição não seja reconhecida, legal né?

4- Pagamento facilitado

Outra vantagem interessante para os pequenos negócios é: aproveite as facilidades no pagamento online e adquira tudo que você precisa sem sair do planejado. O melhor de tudo é a possibilidade de encontrar exatamente aquela loja que aceita a forma como você deseja pagar em sua aquisição!

Seja com o débito em conta, parcelamento por boleto ou até mesmo pix, as facilidades na hora do pagamento online são realmente diversificadas. Busque sempre sites seguros e devidamente regularizados para adquirir o que você precisa. A dica da Ibyte é optar por aqueles que fornecem garantia de segurança para o seu dinheiro.

5- Agilidade na hora da pesquisa

Já falamos aqui sobre como a pesquisa online é mais rápida e cômoda, alie isso a uma rede de opções em nível global e você, com certeza, terá o que precisa em pouquíssimo tempo. A facilidade para comparar preços e condições também deve estar na sua lista de vantagens.

Nossa dica para os que desejam vender online é sempre estar de olho no que as pessoas que já compraram estão falando, principalmente em redes sociais – que fazem parte de uma estratégia e tanto! Comentários positivos apenas reforçam seu negócio e ajudam a converter novas vendas, busque entender o que aconteceu nos casos em que a opinião é negativa para solucionar o problema.

6- Versatilidade na entrega

Quando falamos em versatilidade nas entregas de compras online, é preciso analisar dois pontos. O primeiro deles é a facilidade que algumas empresas e marketplaces oferecem para você retirar seu produto em um ponto específico, o que garante mais velocidade no processo.

O segundo ponto está ligado à possibilidade de enviar o produto para qualquer lugar do mundo, assim você não precisa necessariamente aplicar o seu endereço. Utilize essa facilidade para presentear pessoas queridas ou mesmo otimizar seus processos logísticos.

Com isso, a redução de custos com transporte é mais que garantida. Deseja saber mais sobre como reduzir custos em sua empresa? Então acesse nosso conteúdo sobre e entenda como reduzir gastos para aproveitar melhor os lucros no crescimento de seu negócio.

Gostou do post? Aqui no blog da Ibyte estamos sempre abordando assuntos como esses, acompanhe nossas publicações semanalmente e obtenha dicas valiosas para aplicar em sua empresa.

Até a próxima!

BLOG 220414 CAPA DE BLOG SAZONALIDADES DIA DAS MÃES (1) Easy Resize.com

Dia das Mães: ideias para vender com a Ibyte!

O dia das mães é uma data comemorativa muito importante para todos os Brasileiros. Então, que tal algumas ideias legais de presentes criativos para começar a vender e aumentar o faturamento da sua empresa? A data que será comemorada em 08/05, está muito relacionada ao comércio é uma ótima oportunidade para alavancar o seu negócio de maneira especial.

Se você é lojista, aproveite a data comemorativa e use a criatividade para desenvolver presentes e estratégias digitais que saiam do óbvio que agreguem valor ao seu cliente. Para te ajudar, o blog da Ibyte separou algumas sugestões de presentes cheios de carinho para você colocar a mão na obra e turbinar o seu estoque, além de deixar o dia das mães muito mais leve e feliz. Confira!

As melhores dicas do que vender no dia das mães!

As datas sazonais são ótimas oportunidades para aumentar a lucratividade dos comércios, não é mesmo? Com o Dia das Mães não seria diferente, a data pode se transformar em uma excelente oportunidade. Por outro lado, mudar os produtos que você trabalha em razão de uma data comemorativa pode não ser um bom negócio. Por esse motivo, adotar estratégias é o primeiro passo.

O ideal é adequar os produtos que já trabalha usando a criatividade. Se você trabalha com confeitaria, que tal desenvolver itens que remetem a data em questão? Inclua elementos especiais e personalizados, capriche na decoração com embalagens diferenciadas e mensagens especiais. Mas não se preocupe, foi pensado nos microempreendedores que preparamos algumas dicas incríveis para você impulsionar suas vendas no dia das mães. Acompanhe a leitura!

1 – Preço especial em eletrônicos

Se você é uma empresa do ramo de eletrônicos, que tal aumentar a lucratividade da sua empresa oferecendo preços especiais? Oferecer promoções para o Dia das Mães é uma ótima oportunidade para divulgar o seu negócio!

Aposte em formas de pagamento e descontos imperdíveis dos itens da sua loja, isso será um grande atrativo. Além disso, aposte em divulgação de qualidade e com antecedência, invista nas redes sociais e outros meios de divulgação.

1 – Cestas personalizadas

As cestas personalizadas podem ser de várias formas, abrangendo diversos segmentos. Uma ótima dica são as cestas de café da manhã e da tarde, sempre considerando o desejo de quem está comprando. Uma excelente forma de agradar o presenteado, além dos produtos que integram a cesta, está na embalagem personalizada.

Tenha em mente que você precisa oferecer um produto com diferencial, então, aposte em embalagens que agregam valor emocional.

2 – Produtos artesanais

Para quem trabalha com artesanato, a comemoração ao Dia das Mães pode ser uma excelente oportunidade de aumentar o faturamento. Monte caixas de presentes personalizados com produtos criativos que toda mãe gostaria de ter.

Um bom exemplo são toalhinhas bordadas, almofadas, canecas, etc. O ideal é fazer o máximo de divulgação para conseguir alcançar um grande número de clientes. Trabalhe com encomendas, assim você economiza tempo e dinheiro. As redes sociais podem te ajudar estrategicamente, que tal tentar?

3 – Chocolates

Você concorda que o chocolate é um presente bastante significativo para o Dia das Mães? O doce mais amado pela maioria das pessoas remete ao amor e carinho, e é uma grande aposta para essa data tão especial! Para quem é do segmento, chegou a hora de aumentar as vendas e conquistar muitos clientes com chocolates saborosos.

A dica é oferecer itens variados como: brigadeiros, bombons e trufas de diversos sabores. Outro fator que deve ser levado em consideração é o visual. Por isso, deixe o presente mais especial ainda, invista em embalagens personalizadas e atraentes que vão derreter o coração de toda mãe.

4 – Flores

Quem já é do ramo sabe que para vender flores é preciso encontrar bons fornecedores. Então, o que você está esperando? Comece vendendo por unidade ou se preferir, faça buquês e use a criatividade!

A entrega de flores pode ser um grande diferencial para o seu negócio! Que tal apostar no delivery? Com a pandemia, o serviço de entrega aumentou significativamente. Em razão da praticidade, o hábito do consumidor em adquirir produtos pela internet faz com eles procurem por presentes que conte com serviço de entrega eficaz, então, vale a pena trazer o diferencial para o seu negócio.

5 – Almoço especial

Um almoço especial pode ser uma boa forma de ganhar dinheiro no Dia das Mães. Comece divulgando o seu restaurante com antecedência, organização e dedicação é garantia de sucesso. Invista em refeições especiais e um ambiente agradável, além disso, decoração temática com balões e flores para transformar o ambiente e deixar o momento ainda mais especial, pode ser o diferencial que estava faltando.

Traga ainda mais destaque para o seu negócio com atendimento humanizado, em especial, para o Dia das Mães. Que tal recepcionar as mães com um mimo? Garanto que isso vai deixar o dia delas ainda mais inesquecível! Aproveite a data e ofereça no cardápio descontos especiais, demonstrando como ela é importante em todos os detalhes.

Ganhe dinheiro no Dia da Mães ao se planejar

Se você deseja aproveitar ao máximo o Dia das Mães, assim como outras datas sazonais, para aumentar a lucratividade do seu negócio, é preciso investir em um planejamento certeiro que irá envolver a organização de muitos detalhes.

A dica é: nunca deixe para iniciar em cima da hora, principalmente a divulgação. Afinal, do que adianta oferecer produtos diferenciados e personalizados se ninguém sabe disso? Seria um verdadeiro desperdício de tempo e de dinheiro!

Com tantas ferramentas disponíveis, torna-se mais fácil investir em canais de divulgação. Para obter resultados ainda mais satisfatórios, utilize as redes sociais e aposte no marketing sazonal com conteúdos de qualidade que atendam o público desejado. Crie metas e corra atrás dos seus objetivos, tenho certeza que a sua organização vai fazer seu caixa bombar.

Ofereça diferentes formas de pagamento

Para proporcionar uma experiência ainda mais agradável para o seu cliente, oferecer diferentes formas de pagamento é fundamental. É muito importante pensar que poucas pessoas andam com dinheiro físico atualmente. Então, a máquina de cartão de crédito é indispensável, assim você não corre o risco de perder a venda.

O PIX também pode ser uma maneira de pagamento para você oferecer para seus clientes. Além de ser imediato, o serviço feito de um aparelho celular, não gera custo nenhum para o cliente e para a empresa. Estratégias digitais também são bem-vindas, viu? Ainda mais no contexto tecnológico que nos encontramos hoje.

O objetivo da Ibyte é descomplicar! Espero que o nosso conteúdo tenha te ajudado a transformar o Dia das Mães em uma grande oportunidade de lucratividade para sua empresa. Continue acompanhando nossa página, só aqui você encontra as informações que você precisa. Até a próxima!

Shopping Basket